Ginseng

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

ginsengTodos já ouvimos falar do ginseng em alguma ocasião mas certamente que nunca teremos imaginado todas as suas propriedades relacionadas com a saúde. É isso que hoje vamos ver.

 

O que é o ginseng?

O ginseng, Panax Ginseng, é uma planta da qual, desde tempos remotos, se utiliza a raiz com fins medicinais.

A raiz é grossa e carnuda e tem uma forma que pode recordar o corpo humano. As raízes com mais anos são mais ricas em princípios activos.

O seu cultivo é feito em vários países: China, Coreia, Japão, Rússia, Estados Unidos e Canadá.

 

Composição do ginseng

São muitos os componentes benéficos para o organismo que a sua raiz possui.

Tem ácidos, aminoácidos, vitaminas, sobretudo do grupo B, minerais, fibras, betacaroteno, hidratos de carbono, proteínas, fitoesteróis, paraxanos e ginsenósidos, que são substâncias específicas da raiz do ginseng e cuja quantidade varia em função da idade da raiz, do local de procedência e do sistema empregue na sua secagem.

É conveniente que a percentagem de ginsenósidos não seja inferior a 4 %, sendo tanto mais eficaz quanto mais elevada for esta percentagem.

 

Propriedades do ginseng

São muitas as propriedades que tem o ginseng relacionadas com a saúde:

  • É um grande antioxidante pelo que exerce uma importante acção anti-envelhecimento.
  • Melhora a elasticidade da pele.
  • É energizante, estimula e melhora a tonificação muscular.
  • Ajuda a combater o cansaço físico e mental.
  • Alivia o estresse e ajuda nos casos de insónia.
  • Graças às suas propriedades vaso-dilatadoras melhora a circulação sanguínea pelo que ao conseguir uma melhor irrigação do cérebro pode-se melhorar a capacidade mental.
  • Fortalece o sistema imunitário.
  • Tonifica os sistemas circulatório, cardiovascular e pulmonar.
  • Pode ajudar a controlar os níveis de colesterol e triglicéridos.
  • Equilibra os níveis de açúcar no sangue.
  • Ideal nos casos de hipotensão ou tensão arterial baixa.
  • Estimula a regeneração celular.
  • Alivia os sintomas da menopausa.
  • O ginseng aumenta a produção de glóbulos vermelhos, ajudando assim a prevenir as anemias.
  • Aumenta a potência sexual e a fertilidade.
  • Protege a função hepática.
  • Ajuda a prevenir algumas enfermidades como a arteriosclerose, a osteoporose ou o cancro.
  • Acelera a eliminação de toxinas.

 

Contra-indicações do ginseng

Deve-se tomar sempre as doses recomendadas pelos especialistas e não prolongar o tratamento mais tempo do que o aconselhado. Se for tomado durante um período de tempo prolongado pode apresentar alguns efeitos secundários como ansiedade, nervosismo, problemas para conciliar o sono, dores de cabeça e tensão muscular.

Embora em todos os manuais venha indicado para a hipertensão, é melhor evitá-lo em hipertensos por tensão nervosa. Sem duvida alguma funciona melhor na maioria dos casos de hipotensão.

É aconselhável que não ser misturado com cafeína ou outros produtos excitantes.

Não se deve tomar durante a gravidez, nem no período de aleitamento e não misturar com anti-depressivos.

 

É uma planta “sexista”?

Este é o comentário irónico que muitos médicos e terapeutas fazem após terem comprovado que o ginseng tende a provocar nervosismo a muitas mulheres e, por outro lado, poucos são os homens que não beneficiam das suas propriedades.

Talvez tenha que ver com as diferenças hormonais entre homens e mulheres que provocam esta maior sensibilidade. Em geral a experiência diz que é bom dá-lo a desportistas ou com grande actividade física. As pessoas mais nervosas podem tomar o eleuterococo também conhecido como ginseng siberiano.

 

Apresentação do ginseng

Podemos encontrar o ginseng em diferentes formas: em forma de chá, em cápsulas, em extracto, xarope e raiz. Hoje em dia também é comercializado em forma de gomas, pastilhas e rebuçados.

 

Como sempre recomendamos que consulte o seu médico ou especialista para ter mais informação sobre o seu caso especifico. Este artigo é meramente informativo.

loading...

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...