creatinina

Valores normais de creatinina: Exame ao sangue e urina

creatininaQuer saber mais sobre o exame à creatinina no sangue e urina? Os valores normais variam nos homens, mulheres e crianças. Descubra neste artigo tudo o que deve saber sobre este tema.

A creatinina é o resultado da degradação da creatina, um componente dos músculos. Esta pode ser transformada em ATP, a qual é uma fonte de alta energia para as células. A sua produção depende directamente da modificação da massa muscular, pelo que muitos médicos consideram que os seus níveis tendem a variar pouco, mantendo-se bastante estáveis.

No que diz respeito à creatinina no sangue, a análise é habitualmente feita para se conhecer e verificar o estado e funcionamento dos rins.

Desta forma, os níveis de creatinina acima do normal podem indicar que os rins não estão a funcionar correctamente. No caso de a análise assim o indicar, o mais habitual é que o médico realize uma nova análise no decurso dos 3 meses seguintes, ou então mande realizar uma depuração da creatinina de 24 horas.

 

Valores normais de creatinina

Como vamos ver de seguida, no que diz respeito aos valores da creatinina, devemos ter em conta que estes variam em função de ser um homem, uma mulher ou uma criança. Basicamente, podemos resumir assim os seguintes valores normais de creatinina:

  • Nos homens adultos situam-se entre 0.7 e 1.3 mg/dl.
  • Nas mulheres adultas estão entre 0.5 e 1.2 mg/dl.
  • Nas crianças costumam andar entre 0.2 e 1 mg/dl.

Não obstante, devemos ter em conta que estes valores podem variar entre os laboratórios de análises. Assim, por exemplo, pode-se considerar igualmente valores normais de creatinina no sangue entre 0.6 a 1.1 mg/dl nas mulheres.

Considera-se um valor relativamente alto aquele que se situe acima dos 1,3 mg/dl nos homens adultos, e os 1,2 mg/dl nas mulheres adultas. Mas atenção. Se os valores estiverem acima de 4 mg/dl, isso já é considerado como uma falha renal grave.

Não se esqueça como é importante para os rins beber água em quantidade suficiente todos os dias (entre 1,5 a 2 litros e nunca esperar para ter sede), assim como controlar a tensão arterial elevada. Mas vamos por partes, vamos saber em primeiro lugar em que consiste o exame à creatinina, tanto no sangue, como na urina

 

O exame à creatinina no sangue

Basicamente, estamos perante uma análise que mede o nível ou valor da creatinina no sangue. Esta análise, entre outros aspectos, é bastante útil para saber se os rins estão a funcionar bem, ou então para saber se existe algum problema que os esteja a influenciar negativamente.

Devemos ter em conta que é também possível medir a creatinina através de um exame à urina, como vamos ver de seguida.

 

Resultados normais e anormais da creatinina no sangue

De uma forma geral, são considerados normais os seguintes valores:

  • Valores normais de creatinina no sangue em homens: 0.7 a 1.3 mg/dL.
  • Valores normais de creatinina no sangue em mulheres: 0.6 a 1.1 mg/dL.

Desta forma, dependendo se o resultado se situa acima ou abaixo destes valores, isso poderá ser devido a diferentes condições ou problema de saúde. Assim, temos por exemplo:

Causas dos valores altos de creatinina no sangue:

  • Patologias ou doenças renais, como por exemplo infecção renal, insuficiência renal ou danos nos rins.
  • Obstrução das vias urinárias.
  • Problemas ou patologias musculares.
  • Condições próprias da gravidez, como convulsões por eclâmpsia ou hipertensão arterial por pré-eclâmpsia.

Causas dos valores baixos de creatinina no sangue:

  • Patologias que provoquem uma redução da massa muscular.
  • Problemas de nutrição, como desnutrição.

Existe uma série de medicamentos ou fármacos que podem influenciar a adequada medição da creatinina no sangue e que podem originar valores incorrectos. É o caso de fármacos como o  trimetoprima (antibiótico), cimetidina, ranitidina ou famotidina.

Os valores também podem ser medidos através de um exame de creatinina na urina. Embora seja menos comum do que o exame ao sangue (que é feito de forma rotineira), o da urina é mais comum nos pacientes que podem já estar a padecer de algum tipo de patologia renal (ou se suspeita disso). Neste sentido, é possível que o paciente deva recolher a sua urina durante 24 horas. Este é um exame conhecido medicamente como o teste de depuração de creatinina.

Estamos portanto perante um exame que mede o nível ou quantidade de creatinina na urina. E, tal como sucede no exame da creatinina no sangue, é bastante útil para sabermos se os rins estão a funcionar correctamente.

 

Resultados normais e anormais de creatinina na urina

De uma forma geral, os valores de na urina tendem a variar em função tanto da idade, como da quantidade de massa corporal magra de cada pessoa. Assim, por exemplo, são considerados normais valores entre 500 a 2,000 mg/dia. Também podem ser considerados normais os seguintes valores:

  • Valores normais de creatinina na urina em homens: 14-26 mg por kg de massa corporal por dia.
  • Valores normais de creatinina na urina em mulheres: 11-20 mg por kg de massa corporal por dia.

Causas dos valores anormais de creatinina na urina:

  • Patologias dos rins, como por exemplo, insuficiência renal ou danos nas células tubulares.
  • Infecção renal.
  • Obstrução das vias urinárias.
  • Pouco fluxo de sangue nos rins.
  • Seguir uma dieta rica em carne.
  • Perda de tecido muscular.
  • Decomposição do músculo.

 

Em qualquer dos casos, lembramos que todos estes valores podem variar de um laboratório para outro. Assim, recomendamos sempre que o melhor é consultar os serviços de saúde da sua zona de residência, sobretudo quando existem dúvidas acerca da sua saúde.

Sem comentários

Escrever um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este artigo foi útil?

Então subscreva a nossa newsletter para receber novos artigos comodamente no seu email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os seus dados estão seguros connosco. Veja a nossa Política de Privacidade.