Usar os transportes públicos para gastar mais calorias

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

Alguns estudos revelaram que deixar o carro em casa e usar os transportes públicos, ajuda a manter-nos mais magros, uma vez que aumenta a quantidade de calorias queimadas a caminhar.

O uso de transportes públicos nas cidades aumenta as oportunidades de caminhar, explica Robert Stokes coordenador do programa de estudos urbanos e do meio ambiente da Universidade de Drexel em Filadélfia (EUA).

Os benefícios do uso dos transportes públicos, reflectem-se, entre outras coisas, na diminuição do perímetro da cintura das pessoas, segundo mostrou o estudo.

Para a investigação foi feita uma sondagem a 500 pessoas antes e depois da cidade ter um sistema completo de transportes urbanos em Charlotte N.C. As perguntas incluíram o nível de aptidão física e o peso corporal antes e após estar completo o sistema de transportes urbanos.

Os investigadores observaram que aquelas pessoas que usaram o sistema público de transporte apresentavam 81% menos riscos de vir a sofrer de obesidade.

Embora o meio ambiente ajude na aquisição de hábitos saudáveis, é importante também ter uma atitude mental mais favorável para que esse comportamento se mantenha no tempo.

Uma vez mais, as oportunidades para nos movimentarmos e fazer algum tipo de actividade física, estão ao alcance da nossa mão.

Deixe o seu comentário


Este artigo foi útil?

Então subscreva a nossa newsletter para receber novos artigos comodamente no seu email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os seus dados estão seguros connosco. Veja a nossa Política de Privacidade.

Os cookies ajudam-nos a fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a utilização de cookies. Saber mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close