Transplantes capilares

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

Transplantes capilaresTransplante capilar é um procedimento cirúrgico que é levado a cabo para melhorar o problema da calvície.

 

Descrição

Durante um transplante capilar são passados cabelos de uma zona onde estes são mais abundantes para zonas onde há calvície.

A maioria dos transplantes capilares é levado a cabo num consultório médico. O procedimento é realizado da seguinte forma:

  • É feita uma anestesia local no couro cabeludo. Também poderá receber um medicamento para relaxar.
  • É limpo totalmente o couro cabeludo.
  • É retirada uma tira de cabelo usando um bisturi e é colocada à parte. Esta zona de couro cabeludo é denominada zona doadora. O couro cabeludo é fechado com pequenas suturas.
  • São separados pequenos grupos de cabelos ou cabelos individuais do pedaço de couro cabeludo que foi extraído.
  • São limpas as zonas de calvície que vão receber estes cabelos saudáveis. Estas zonas do couro cabeludo são denominadas zonas receptoras.
  • Fazem-se pequenos cortes na zona de calvície.
  • São colocados os cabelos saudáveis com muita delicadeza nas incisões. Durante uma única sessão de tratamento podem ser transplantados centenas ou mesmo milhares de cabelos.

 

Porque é feito este procedimento

Um transplante capilar pode melhorar significativamente a aparência e confiança nas pessoas que estão a ficar calvas. Este procedimento não pode criar cabelo novo. A única coisa que é possível fazer é transferir cabelo das zonas onde este ainda existe para as zonas onde há calvície.

A maioria das pessoas que são submetidas a transplantes capilares têm padrões de calvície feminina ou masculina com perda de cabelo na parte frontal ou na parte superior do couro cabeludo. Para poder fazer este procedimento é necessário ter ainda cabelo abundante na parte posterior ou nos lados do couro cabeludo porque é necessário haver folículos pilosos suficientes para transplantar.

Em certos casos, as pessoas que apresentam perda de cabelo devido a lúpus, lesões ou outros problemas de saúde podem ser tratadas com um transplante capilar.

 

Riscos dos transplantes capilares

Os riscos de uma cirurgia em geral incluem:

  • Sangramento
  • Infecção

Outros riscos que podem ocorrer com este procedimento:

  • Cicatrização
  • Tufos de crescimento de cabelo de aparência pouco natural

É possível que o cabelo transplantado não tenha tão bom aspecto como seria desejável.

Se estiver a planear realizar um transplante capilar, então deve estar de boa saúde, uma vez que é menos provável que a cirurgia seja segura ou tenha sucesso se você não estiver bem de saúde.

Fale com o médico acerca dos riscos e das opções disponíveis antes de se submeter a este procedimento.

 

Após o procedimento

Siga as instruções do médico sobre os cuidados a ter com o couro cabeludo e outras medidas de cuidados pessoais. Isto é especialmente importante para garantir a recuperação.

Durante um dia ou dois depois do procedimento, você poderá ter um curativo cirúrgico grande ou mais pequeno que pode ser protegido por um boné.

Durante o período de recuperação após a cirurgia, o couro cabeludo pode estar muito sensível e é possível que tenha de tomar medicamentos para as dores.

Também poderá ser necessário tomar antibióticos ou medicamentos anti-inflamatórios após a cirurgia.

 

Expectativas (prognóstico)

A maioria dos transplantes capilares tem bons resultados que se traduzem num excelente crescimento do cabelo ao cabo de vários meses após o procedimento. Poderá ser necessária mais do que uma sessão de tratamento para conseguir os melhores resultados.

Os cabelos substituídos são geralmente permanentes e não são precisos grandes cuidados a longo prazo.

loading...

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os cookies ajudam-nos a fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a utilização de cookies. Saber mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close