síndrome de Sjögren

Como é tratada a síndrome de Sjögren?

síndrome de SjögrenA síndrome de Sjögren é uma patologia muito frequente que afecta, principalmente, as glândulas salivares e lacrimais. Pode dificultar de forma bastante séria a realização de tarefas quotidianas, piorando a qualidade de vida de quem tem este problema de saúde.
Secura da boca (xerostomia) e olhos (xeroftalmia) são os sintomas mais característicos desta patologia mas há muitos outros como a dificuldade para falar, mastigar e tragar alimentos sólidos, visão turva, sensação de queimadura ou grãos de areia dentro do olho, grande sensibilidade à luz e inchaço e gengivas vermelhas.
Para além disso, dado que se trata de uma doença inflamatória, pode chegar a provocar inflamação em outras zonas do corpo como a garganta, articulações e músculos.
Por outro lado, no que diz respeito às suas variantes, existem dois tipos de síndrome de Sjögren: primária e secundária. A síndrome de Sjögren diz-se primária quando ocorre de forma isolada, sem estar associada a outras doenças. Em contrapartida, a síndrome de Sjögren secundária está sempre relacionada com outra doença auto-imune, como a artrite reumatóide, lúpus ou esclerose múltipla.

O tratamento da síndrome de Sjögren

Felizmente que existem tratamentos efectivos contra a síndrome de Sjögren, os quais variam em função dos órgãos afectados.
As consultas oftalmológicas periódicas servem para detectar a doença, realizar um diagnóstico correcto, e uma vez iniciado o tratamento, verificar a sua evolução.
Segundo referem os especialistas da área, o tratamento da síndrome de Sjögren inclui sempre o uso de lágrimas artificiais aplicadas pelo paciente várias vezes ao longo do dia. Para além disso, são também indicadas gotas oftalmológicas para reduzir a inflamação.
Por outro lado, há uma série de medidas que devem ser tomadas pelo paciente enquanto recebe tratamento contra a síndrome de Sjögren. Uma das principais acções é usar óculos de sol para evitar o excesso de luz e limitar as agressões externas a um olho que já está suficientemente danificado. Entre estas agressões, uma das mais prejudiciais são as correntes de ar e o vento. Outra medida é beber água várias vezes ao dia, com muita frequência, para ajudar à hidratação. E quem tem este problema também deve evitar alimentos e bebidas muito açucaradas.
Para finalizar, são obrigatória as consultas anuais ao oftalmologista depois de tratado o síndrome de Sjögren. Para além disso, as pessoas com olho seco, que é um problema recorrente, devem recorrer à ajuda de um oftalmologista especializado nesta doença.
4

Sem comentários

Escrever um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Adblock Detectado!

Este blogue depende da publicidade para se manter online e com acesso gratuito. Por favor desligue o seu bloqueador de publicidade no nosso website.

Este artigo foi útil?

Então subscreva a nossa newsletter para receber novos artigos comodamente no seu email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os seus dados estão seguros connosco. Veja a nossa Política de Privacidade.