Os sabores e as suas funções

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

saboresDe acordo com a sabedoria chinesa existem 5 sabores distintos que representam cada uma, uma função diferente no organismo. A combinação destes sabores cria o equilíbrio no corpo. Aprenda a identificar o efeito de cada um desses sabores, de forma a assim satisfazer as suas necessidades anímicas e de saúde:

 

Sabores Picantes

Proporciona energia, aumenta a temperatura do organismo, estimula a circulação do sangue e a digestão. Ideal para pessoas obesas, preguiçosas, com pouca energia ou que apresentem sintomas de gripe. Alguns alimentos picantes são o funcho, anis, cominho, cebola, alho, gengibre, pimenta, cravo, manjericão e alecrim.

 

Sabores Salgados

Favorece o relaxamento muscular, desintoxica o corpo e purga o sistema digestivo, hidrata e acalma as pessoas muito nervosas. As pessoas com excesso de peso ou muito paradas devem evitar os seguintes alimentos: soja, sal e milhete (as algas marinhas também são recomendadas).

 

Sabores Agres

Reduz a temperatura do corpo, tonifica os tecidos e conserva a energia. Aconselhável para pessoas distraídas ou que comam muitas gorduras (evitar no caso de sofrer de prisão de ventre). Exemplos de alimentos de sabor agre: limão, lima, pepino, chá verde, chá negro, azeitonas e tomates.

 

Sabores Amargos

Arrefece o corpo, equilibra as pessoas com excesso de peso, reduz a prisão de ventre, as inflamações e a febre e, tonifica os rins e os pulmões. Pessoas com afrontamentos ou agressivas devem consumir alfafa/luzerna, melão, alface, centeio, amaranto, espargos, aipo e vinagre.

 

Sabores Doces

Aumenta a energia, tranquiliza, reduz as emoções negativas e beneficia os pulmões, a mente e o coração. É ideal para pessoas frias, nervosas, muito magras, irritáveis ou agressivas (embora não em excesso). Alimentos doces são: maçã, morangos, pêssegos; cenouras, beringela, beterraba, amêndoas, sementes de girassol e sésamo e, adoçantes naturais como o mel, mel de agave e açúcar mascavado.

Deixe o seu comentário


Este artigo foi útil?

Então subscreva a nossa newsletter para receber novos artigos comodamente no seu email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os seus dados estão seguros connosco. Veja a nossa Política de Privacidade.

Os cookies ajudam-nos a fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a utilização de cookies. Saber mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close