resveratrol

Resveratrol – um segredo de saúde nas cascas e grainhas da uva preta

resveratrolAs uvas pretas e o vinho tinto são ricos em resveratrol, uma substância da família dos polifenóis, que se encontra, bem guardada, na pele e nas grainhas das uvas pretas.
Os hábitos alimentares de ingestão de uvas pretas, de sumo de uva preta e o consumo regular moderado de vinho tinto estão associados a numerosos benefícios de saúde atribuídos, não só mas maioritariamente, ao seu conteúdo em resveratrol.

Efeitos benéficos do resveratrol para a saúde

O resveratrol previne as doenças do sistema cardiovascular, enfartes do miocardio, insuficiência coronária e acidentes vasculares cerebrais, melhora os sintomas e equilibra o metabolismo da diabetes, contraria a obesidade, previne as doenças neurológicas degenerativas, tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias e aumenta a esperança de vida.
A investigação científica é muito abundante a evidenciar os efeitos benéficos do resveratrol:

Protector cardiovascular

Diminui a oxidação lipidica do colesterol LDL, diminuindo assim o risco de aterosclerose
Aumenta a resistência vascular aos efeitos da oxidação protegendo o sistema cardiovascular dos radicais livres de oxigenio.
Diminui a proliferação vascular das células musculares lisas da parede das arterias prevenindo a aterosclerose
Estimula a síntese endotelial do oxido nitrico , que lhe confere um benéfico efeito vasodilatador
Inibe a agregação das plaquetas prevenindo acidentes trombóticos.

Efeito antioxidante

O resveratrol tem um potente efeito antioxidante generalizado, protegendo os vários sistemas organicos do stress oxidativo, embora o seu efeito antioxidante seja especialmente marcado no sistema cardiovascular.

Na diabetes

Diminui alguns dos sintomas da diabetes, como a perda de peso, a fome e a sedes excessivas
Facilita a diminuição a resistência à insulina
Diminui a perda de memória e melhora a função cognitiva associada diabetes

No controlo da obesidade

A suplementação com resveratrol facilita o equilibrio lipídico e a regularização metabólica bem como diminui a pressão arterial

Protecção Cerebral

O resveratrol pode diminuir a formação das placas beta-amiloides caracteristicas da doença de Alzheimer e de outras doenças degenerativas neurológicas.

Efeito anti-inflamatório

O resveratrol diminui a sensação de dor tanto na inflamação aguda como na inflamação crónica
Diminui os sintomas de inflamação diminuindo a produção de oxido nitrico evitando assim uma vasodilatação.
Pode proteger a cartilagem e diminuir os sinais inflamatórios em alguns casos de artrite

Aumento da esperança de vida

A experimentação laboratorial com resveratrol mostrou aumentar a esperança de vida e diminui os sinais de envelhecimento mas o seu mecanismo de acção está, actualmente, envolto em controvérsia.

Onde se encontra o resveratrol?

Para além das uvas pretas e seus derivados, o resveratrol existe em várias espécies vegetais, sendo de realçar, pela sua elevada concentração, a hortaliça azedas e a raiz da planta japonesa a fallopia japonica. A produção industrial síntese de resveratrol é também possivel através vários de tipos de   biotecnologia.

Suplementação com resveratrol

O resveratrol integra com muita frequência a composição de múltiplos suplementos nutricionais que visam a melhoria da capacidade anti-oxidante ou a protecção cardiovascular.
Não há efeitos adversos conhecidos.
Não há unanimidade quanto à dose diária ideal.O consumo de uvas pretas, de sumo de uva preta e de vinho tinto é dos segredos de vitalidade e longevidade dos povos da bacia do mediterrâneo.
Uvas pretas, sumo de uvas pretas, vinho tinto, sim obrigada!
3

Sem comentários

Escrever um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este artigo foi útil?

Então subscreva a nossa newsletter para receber novos artigos comodamente no seu email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os seus dados estão seguros connosco. Veja a nossa Política de Privacidade.