Porque há mais casos de gripe no inverno?

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

gripeA gripe é mais frequente durante os meses de inverno. Não é preciso ser-se médico para saber isto. Mas a questão para a qual queremos saber a resposta é: Qual a relação que existe entre o aumento dos casos de gripe e o inverno?

A resposta mais óbvia para esta questão são as baixas temperaturas. Mas porquê exactamente? Aparentemente, o vírus da gripe reproduz-se mais facilmente com as temperaturas mais baixas. Vamos descobrir outras curiosidades sobre este nosso grande inimigo durante os meses de inverno.

 

O ponto-chave: um nariz frio

Investigadores da Universidade de Yale nos Estados Unidos têm a resposta para esta curiosidade. Segundo revelam num estudo, o vírus da gripe reproduz-se melhor nas baixas temperaturas do interior do nariz, do que no resto do corpo onde a temperatura corporal é ligeiramente mais alta.

É assim que o nariz, por estar mais exposto às intempéries, se transforma no destino preferido dos vírus. Verifica-se que durante os meses de inverno os casos de gripe aumentam, consoante baixam as temperaturas, mas agora com este estudo esta situação foi comprovada na prática.

Os especialistas que realizaram o estudo também referem que o resfriado comum reproduz-se melhor num nariz frio do que dentro dos pulmões (mais quentes), uma vez que estão reunidas as condições perfeitas para o desenvolvimento dos vírus.

 

A resposta imunitária do nosso corpo diminui com o frio

Para chegar a estas conclusões, os investigadores da Universidade de Yale analisaram as células de um grupo de ratos com rinovírus, que é o culpado pelo resfriado comum. Aparentemente, a resposta do nosso organismo perante o vírus é menor quando a temperatura corporal também é mais baixa, situação que favorece a sua reprodução.

E apesar da investigação se ter concentrado sobretudo em ratos, as conclusões também se podem aplicar aos seres humanos. A conclusão é, consequentemente, que quanto menor for a temperatura central do nosso organismo, também é menor a sua resposta imunitária na luta contra este vírus.

É então preciso começar a dar realmente atenção aos conselhos das nossas mães e avós, quando nos dizem para nos agasalharmos bem do frio.

Imagem Glaucia Goes via Flickr

loading...

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...