Plantas medicinais para o coração

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

plantas para o coraçãoOs benefícios das ervas medicinais são infinitos. São sempre um bom recurso e um apoio que vale a pena conhecer. Existem muitas opções na natureza para cuidar do nosso coração, desde aquelas que nos relaxam de forma a evitar palpitações, passando pelas que regulam a pressão arterial, até às que reduzem o colesterol. Muitas são também antioxidantes e um tesouro que o convidamos a conhecer.

 

Ervas medicinais para o coração

As maiorias das plantas que vamos apresentar são fáceis de encontrar. É comum serem haver tanto nas farmácias como nas ervanárias. As suas propriedades são muito conhecidas, mas lembre-se que no caso de ter alguma dúvida deve sempre perguntar ao seu médico. Obviamente que por tomar estes chás não deve deixar de tomar a sua própria medicação. Estas plantas são apenas um bom complemento para ajudar no dia-a-dia.

É ainda de referir que estes chás podem ser adoçados com mel. Já se sabe que o mel, por outro lado, é um complemento excelente para problemas do coração. O ideal será escolher um chá que seja mais do seu agrado, e tomá-lo uma ou duas vezes ao dia.

 

Chá de cavalinha

Será talvez uma das ervas que mais ajudam a melhorar a circulação. O que pode fazer por si a cavalinha? Evita o endurecimento das artérias (arteriosclerose) devido à acção dos lípidos. Quando consumida habitualmente poderá ajudar a melhorar a circulação.

Como preparar? Simples, basta deitar meia colher de sobremesa com a erva de cavalinha num pouco de água a ferver. Depois deixe repousar durante 5 minutos. Pode ser tomada duas vezes ao dia.

 

Espinheiro-alvar

As propriedades do espinheiro-alvar são conhecidas desde a antiguidade. Cuida das veias e das artérias, tem propriedades vasodilatadoras, regula as taquicardias, as arritmias e dá uma sensação sedativa e relaxante.

Como preparar? Deite uma colherada das suas flores e folhas. Pode ser encontrado habitualmente já preparado à venda. Recomenda-se tomar duas chávenas diárias regularmente.

 

Chá de alecrim e arruda

Estas plantas, tanto o alecrim como a arruda, possuem magníficas propriedades para reactivar a circulação e voltar a colocá-la nos níveis normais. Também não devem ser difíceis de encontrar numa ervanária perto de si, ou loja de produtos naturais. Os benefícios destas duas plantas combinadas também são muito conhecidas pela medicina tradicional, sendo bastante adequadas para regular a tensão arterial, quando esta é alta.

Como preparar? Muito fácil. Coloque uma colherada de cada erva por cada meio litro de água. Deixe a ferver durante 15 minutos e depois deixe repousar durante 5 minutos. De seguida apenas tem de coar o chá e beber uma chávena ao levantar e outra ao deitar.

 

Melissa e valeriana

A combinação destas duas plantas é ideal para evitar as palpitações. Nesses instantes em que está muito nervoso, cheio de ansiedade ou mesmo com tonturas, este chá vai ajudar a relaxar e a descansar melhor. Acalmam o sistema nervoso, ao mesmo tempo que regulam a circulação, combatem as insónias e apresentam-se como excelentes “cardio-tónicos”.

Como preparar? Quase de certeza que tomou chá de alguma destas plantas alguma vez. É altura de as combinar e de tomá-las em especial antes de se deitar ou quando chegar a casa. Basta usar uma bolsa de cada planta, uma de melissa e outra de valeriana, e deixar a ferver com uma chávena de água. Não se esqueça de adoçar com um pouco de mel.

 

Hamamélis e chá verde

Surpreendido? É possível, mas não duvide. Esta combinação é um excelente remédio para reduzir o colesterol, para além de ter muitos antioxidantes, e não só, ajuda ainda a baixar os níveis de açúcar no sangue. Como pode ver trata-se de um chá imprescindível que não deve perder a oportunidade de provar e de introduzir diariamente na sua dieta, pelo menos duas vezes ao dia. Que tal começar o café da manhã com uma boa chávena de chá verde com hamamélis?

Como preparar? Simples. Da forma tradicional. Uma bolsa de chá verde e outra de hamamélis. Coloque em água a ferver e deixe a repousar durante cinco minutos. Utilize mel como adoçante, e como é costume no ritual do chá, aproveite uns minutos de descanso para degustar. O mais importante é ser constante e disfrutar diariamente.

loading...

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...