O sinal de WiFi pode fazer mal à saúde?

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

Síndrome de Hipersensibilidade ElectromagnéticaDesde a década de 90 que estamos ligados à Internet e sujeitos ao sinal de Wi-Fi durante todo o dia, e nem pensamos nisso. É um facto que ter WiFi ajuda-nos a trabalhar, estar online, ver séries, estar entretidos, ouvir música e muito mais. No entanto, os especialistas estão a começar a ficar preocupados pelos efeitos a longo prazo que a exposição a campos electromagnéticos poderá provocar.

 

Síndrome de Hipersensibilidade Electromagnética

A Síndrome da Hipersensibilidade Electromagnética (EMS, na sigla em inglês) é uma doença que afecta as pessoas expostas a campos electromagnéticos, como os de WiFi.

Um estudo dirigido por uma equipa de investigadores do Departamento de Estudos do Meio Ambiente e Recursos da Universidade de Trent no Canadá, descobriu que a base de um telefone sem fios situada próximo da cabeça de uma pessoa podia afectar o ritmo do coração.

 

Sintomas de EMS

 

Alguns dos sintomas leves de Síndrome de Hipersensibilidade Electromagnética são:

  • Tonturas
  • Irritação da pele, comichão e ardor
  • Dores de cabeça
  • Dores musculares inexplicáveis
  • Dificuldade de concentração

 

As pessoas mais sensíveis podem ainda experimentar problemas mais graves como:

  • Trastorno de hiperactividade com défice de atenção
  • Enxaquecas
  • Insónias e problemas de sono
  • Doença de Parkinson
  • Arritmias cardíacas
  • Algumas formas de cancro

 

Como se proteger dos danos que o Wifi pode causar

Tenha em conta algumas sugestões para limitar a exposição ao WiFi:

  • Usar telefones fixos em casa e no trabalho.
  • Levar o telemóvel na mala ou no bolso.
  • Tentar manter as crianças longe de telemóveis.

Embora não seja possível evitar a exposição por completo, algumas mudanças podem ajudar a proteger-se. Entretanto a investigação avança para conhecer mais pormenores acerca dos efeitos reais dos campos electromagnéticos e do sinal de WiFi sobre a saúde.

3 Comentários

  1. João Ferreira John
  2. Rose kassapian

Deixe o seu comentário


Este artigo foi útil?

Então subscreva a nossa newsletter para receber novos artigos comodamente no seu email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os seus dados estão seguros connosco. Veja a nossa Política de Privacidade.

Os cookies ajudam-nos a fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a utilização de cookies. Saber mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close