O que é a arteriosclerose?

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

arterioscleroseA este nome está associado uma doença caracterizada pelo depósito de gordura, cálcio e outros elementos na parede das artérias, reduzindo seu calibre e trazendo um défice de sangue nos tecidos por elas irrigados. O seu desenvolvimento é lento e progressivo, e é necessário haver uma obstrução arterial significativa, de cerca de 75% do calibre de uma artéria, para que surjam os primeiros sintomas isquémicos (sintomas derivados da falta de sangue).

Devido aos hábitos alimentares actuais, a partir dos 20-25 anos todas as pessoas sofrem de arteriosclerose em maior ou menor medida, já que o colesterol vai-se agarrando às paredes das nossas artérias e vai-as endurecendo.

 

Para prevenir ou mitigar este problema, recomendamos o seguinte:

  • A abóbora (o fruto ou as suas sementes) tem muitas propriedades, algumas das quais ajudam a combater o problema que hoje tratamos. A abóbora diminui a absorção de gordura nas artérias e consequentemente evita que adira às paredes. Para além disso vitamina C existente na sua composição, juntamente com os betacarotenos, vão impedir que muitas das células das artérias degenerem.
  • A fibra de uma forma geral também ajuda contra a arteriosclerose. Pode optar por comer fruta, verduras, cereais, etc. A fibra fará com que o intestino absorva menos gorduras, o que também irá fazer com que haja menos gordura no sangue.
  • E naturalmente que a actividade física também é fundamental. Se queremos “limpar” o colesterol do sangue, esta é a melhor receita de todas. Nem sequer é necessário praticar desportos muito exigentes. Bastará fazer passeios diários de 30 minutos a 1 hora em passo ligeiro que é suficiente, embora também se recomende a natação, por exemplo.

 

A arteriosclerose pode provocar, desde um enfarte do miocárdio, a angina de peito, passando por AVC’s, etc. Com efeito, esta problemática é a responsável de muitas mais limitações em relação à saúde do que a maioria das doenças infecciosas juntas, ou do que os acidentes de tráfego.

O maior perigo da arteriosclerose, é que não avisa. Não nos iremos dar conta do perigo até surgir alguma das suas gravíssimas consequências.

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os cookies ajudam-nos a fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a utilização de cookies. Saber mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close