Café Faz Bem ou Mal

O Café Faz Bem ou Mal?

Café Faz Bem ou MalO café é bom de sentir o cheirinho e o seu sabor, seja ele amargo ou doce. Conheça os benefícios e malefícios dessa bebida.
A bebida apreciada por muitos, seja no café da manhã, depois do almoço ou durante as tarde de trabalho. Alguns gostam do seu café mais forte, outros preferem mais doce. Mas o café é uma das bebidas mais pedidas.
A sua preparação é simples, pode ser feito da maneira tradicional ou ainda usar cafeteiras – desde as mais simples até as mais sofisticadas. Para beber, pode ser puro, com ou sem açúcar, acompanhada de creme ou leite. Ou ainda muitas outras maneiras peculiares de se tomar o café.
Que ele é gostoso e quase todos gostam não é novidade nenhuma. Mas afinal, o café faz bem ou mal para a saúde e o nosso organismo? Saiba quais são os benefícios e quais os malefícios do café no resto deste artigo.

Benefícios do café

Para o café trazer os seus benefícios para quem bebe, o ideal é consumir de 3 a 4 chávenas pequenas por dia. A cafeína, a substância mais conhecida do café, tem uma acção estimulante, ou seja, ela “dá” energia. Por esse motivo, o café é escolhido como a bebida para tomar as manhãs e as tardes, para acordar e espantar o sono.
A bebida também é responsável por trazer outros benefícios, como prevenir o mal de Alzheimer, que segundo alguns estudos, o café é bom para a memória e o seu consumo ajuda a diminuir os marcadores da doença no cérebro.
Se você está na luta contra a balança e gosta de café, temos boas notícias. O café acelera o metabolismo, o que consequentemente ajuda na queima de calorias. Vale ressalvar que ele não emagrece, mas é um forte aliado nesta batalha.
Além disse tudo, o café também é bom para o coração e alguns estudos apontam que também pode diminuir o teor de açúcar no sangue, sendo também benéfico para os diabéticos. Ainda previne o mal de Parkinson e diminui as chances de cancro da mama, rectal e tumores do cólon.

Malefícios do café

Já se sabe que tudo em excesso faz mal. E sim, algumas devem evitar ou moderar o consumo do café. As gestantes, lactantes, idosos e pessoas que sofrem de insónia, devem ficar de olha na cafeína, pois a substância demora mais para sair do organismo o que consequentemente, acaba prejudicando o sono.
O consumo em excesso – 500mg por dia – também pode influenciar a osteoporose, principalmente em idosos. Dessa forma, o consumo da bebida deve ser diminuído ou até evitado.
Pessoas que sofrem com problemas de estômago também devem evitar o café, assim como quem sofre de insónia, devido ao alto nível de cafeína presente na bebida. Possui também um efeito diurético, o que ocasiona na perda de minerais e vitaminas necessárias no organismo.
Algumas mulheres também podem alterar o nível hormonal, o que interfere na fertilidade. O café também causa dependência, o que pode causar uma abstinência se a dose consumida for menor do que o habitual. Por outro lado, o consumo em excesso pode causar a intoxicação e gerar alguns desses sintomas como a inquietação, o nervosismo, espasmos musculares, insónia e até mesmo uma alteração dos batimentos cardíacos.
O café é uma bebida saborosa, que se consumida em doses normais sem exageros pode beneficiar muito quem saboreia uma boa chávena.
5

Sem comentários

Escrever um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este artigo foi útil?

Então subscreva a nossa newsletter para receber novos artigos comodamente no seu email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os seus dados estão seguros connosco. Veja a nossa Política de Privacidade.