Mitos e verdades sobre os probióticos e prebióticos

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

prebióticosQuase de certeza que costuma incluir produtos com pré ou probióticos na sua cesta de compras por saber que fazem bem à saúde. Mas será que tem noção de que não são a mesma coisa nem atuam da mesma forma? Hoje vamos dizer-lhe tudo o que deve saber sobre cada um deles para que possa escolher melhor.

 

O que são os probióticos?

Os probióticos são microrganismos, principalmente bactérias, que podem trazer benefícios para a saúde. Estas podem desde aumentar as defensas, até melhorar a saúde digestiva.

Estas bactérias fazem parte das famílias dos lactobacilos e das bifidobactérias, por essa razão costumam designar-se por L. (de lactobacilos) e B. (de bifidobactérias).

 

Onde se encontram os probióticos?

Alguns dos alimentos ricos em probióticos são: chucrute, missô, kimchi e iogurte.

Há que esclarecer que é sempre melhor escolher os produtos que digam “culturas vivas”, ou seja, aqueles que foram submetidos a calor excessivo.

probióticos

O que são os prebióticos?

Os prebióticos são os alimentos que se alimentam dos probióticos. Os prebióticos são hidratos de carbono tais como açúcares, amidos e fibra e se encontram em todos os alimentos de origem vegetal.

As bactérias benéficas que vivem no intestino alimentam-se destas substâncias e crescem para melhorar a saúde intestinal e a saúde em geral.

 

Onde podemos encontrar os prebióticos?

Os prebióticos encontram-se nas frutas, grãos integrais e feijões, entre outros alimentos.

Recomenda-se o consumo destes alimentos juntamente com alimentos fermentados para obter os probióticos adequados.

Algumas das melhores fontes de prebióticos são: alcachofras, alho-porro, cebola, alho, raiz de chicória, espargos, bananas, etc.

 

É importante incluir probióticos e prebióticos numa dieta saudável?

Segundo os especialistas, estes microrganismos podem ajudar a digestão e proteger o corpo contra as bactérias nocivas.

Embora ainda haja necessidade de realizar mais estudos, existem provas que indicam que os probióticos podem ajudar a:

  • Tratar a diarreia.
  • Prevenir e tratar as infeções vaginais por fungos e as infeções do tracto urinário.
  • Tratar a síndrome do cólon irritável.
  • Reduzir a reincidência do cancro da bexiga.
  • Prevenir e tratar o eczema nas crianças.
  • Prevenir os resfriados e as gripes.
loading...

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...