Mindfulness

Mindfulness: Mitos e Verdades

MindfulnessO ser capaz de focar a sua atenção no agora permite-lhe fazer escolhas mais discernidas perante a sua experiência do momento presente, em vez de se envolver em emoções e pensamentos menos construtivos que muitas vezes o levam a comportamentos impulsivos.

Tabela de Conteúdos

Mito 1: Mindfulness é uma prática Budista

Apesar da prática de mindfulness ter as suas raízes no Budismo, os programas/cursos de mindfulness agora muito populares no mundo Ocidental são apresentados em contexto secular, ou seja, é apresentado como uma ferramenta de treino mental, de desenvolvimento da capacidade de prestar atenção ao momento presente e conhecimento de si próprio com maior clareza e aceitação.
Verdade: Mindfulness não está associada a nenhuma religião. Qualquer pessoa pode praticar independentemente da sua religião.

Mito 2: Mindfulness é para reduzir stress

Apesar de um dos programas de mindfulness, mais reconhecido em termos de efeitos terapêuticos e cientificamente avaliado, ter o nome de – Curso de Mindfulness para Redução de Stress (Mindfulness-Based Stress Reduction Program – MBSR) – a verdade é que a aprendizagem inerente a este programa vai muito além da redução de stress.
Os principais objetivos deste programa são a tomada de consciência da sua experiência interna – da mente, emoções e corpo – em relação a si próprio, aos outros e ao mundo externo. Ao desenvolver a capacidade de notar o que está a acontecer na sua mente, emoções e corpo em cada momento presente da sua experiência irá notar uma redução de stress e mais calma. O MBSR é uma aprendizagem que lhe permite conhecer-se melhor, ser mais compassivo perante a realidade interna e externa da sua vida.
Verdade: É um processo de desenvolvimento emocional

Mito 3: Mindfulness é para as pessoas que têm tempo.

Apesar do treino de mindfulness o convidar a despender de 15, 20, 30 ou 45 minutos diários de prática, a verdade é que não é tanto o tempo que dedica à pratica, mas antes a atitude e presença que traz para a sua prática e a forma como actua na sua vida em cada momento presente que é importante.
Nos cursos de Mindfulness trabalhamos o desenvolvimento da prática formal de mindfulness, isto é, quando se senta por um determinado período de tempo a praticar.  A realidade é que com determinação e motivação todos conseguem incluir algum tempo de prática formal de 10-20 minutos diários. No entanto, nestes cursos também focamos o desenvolvimento do treino informal que diz respeito ao desenvolvimento da  sua capacidade de estar com consciência e atenção ao momento presente da sua experiência durante todas as actividades de executa ao longo do dia.
Verdade: Mindfulness é uma forma de estar perante todos os momentos do seu dia, não apenas uma prática isolada durante alguns minutos do seu dia. É ao fomentar esta forma de estar que realmente experiência mudanças na sua vida.

Mito 4: Mindfulness é para as pessoas relaxadas.

No Ser Integral, já ensinamos cursos de mindfulness há 7 anos e as pessoas que chegam ao nosso centro para completar os nossos cursos estão longe de serem relaxadas. Na realidade, a maioria são pessoas bastante stressadas, ansiosas, agitadas e incapazes de relaxar e parar com uma necessidade constante de estarem sempre a executar uma ou outra actividade. O que estas pessoas retiram do treino apresentado é uma maior capacidade de lidar com os desafios e stress do dia a dia com maior serenidade e clareza. Não renascem pessoas Zen, mas antes aprendem ferramentas práticas que as permitem gradualmente desenvolver uma capacidade mais construtiva e discernida para viver a vida.
Verdade: Mindfulness é para todos: os relaxados e os stressados
Você costuma praticar mindfulness? Conte-nos a sua experiência e se tem resultado. Adoraríamos saber o que pensa sobre este tema.
3

Sem comentários

Escrever um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este artigo foi útil?

Então subscreva a nossa newsletter para receber novos artigos comodamente no seu email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os seus dados estão seguros connosco. Veja a nossa Política de Privacidade.