Marijuana e suas propriedades terapêuticas

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

marijuanaA marijuana ou cannabis é uma planta que tem aplicações surpreendentes na luta contra muitas doenças.

 

O que é a marijuana?

Cannabis sativa é o nome científico da marijuana.

É uma planta de origem asiática que pertence à família das Cannabaceae e que tem alguns componentes que a tornam numa planta psicoactiva. Esta planta é de cultivo anual e pode alcançar até três metros e meio de altura.

Esta planta tem sido usada desde tempos remotos para resolver alguns problemas de saúde.

Hoje em dia o cultivo de cannabis sativa ou marijuana está proibido ou restringido em muitos países devido a possuir também propriedades psicoactivas.

 

Composição da marijuana

  • Canabinóides: Delta 9 tetrahidrocannabinol, cannabinol, cannabinodiol, etc.
  • Ácidos: Linoleico, oleico e isolinoleico.
  • Niacina.
  • Orientina.
  • Minerais: Óxidos de fósforo, de magnésio, de cálcio, de potássio e de enxofre, cálcio, ferro e fósforo.

 

Uso medicinal da marijuana

O seu uso medicinal é feito sob um estrito controle pois esta planta não deixa de ser considerada como sendo uma droga prejudicial para a saúde se for consumida indiscriminadamente.

Para a administração da cannabis sativa ou marijuana como medicina são usados vários métodos: infusões, vaporizações, comer os caules da planta.

Usar o cannabis com fins medicinais é permitido apenas em alguns países como Portugal, Israel, Canadá, Alemanha, Áustria, Holanda, Finlândia e Espanha. Em Portugal, por exemplo, o consumo pessoal de cannabis é limitada a 2,5 gramas por dia. Não se pode ter mais de 10 doses diárias, caso contrário, é configurado um tráfico de drogas (fonte Wikipédia).

 

Propriedades medicinais

  • Ajuda a evitar os vómitos nos pacientes submetidos a sessões de quimioterapia.
  • Reduz a pressão ocular, ajudando assim a melhorar casos de glaucoma tal como em casos de desprendimento de retina.
  • Estimula o apetite pelo que poderia ser usado em casos de anorexia, pois foi comprovado que tem o poder de estimular a vontade de comer.
  • Ajuda a acalmar a dor pois tem propriedades analgésicas.
  • Está-se presentemente a estudar a eficácia da marijuana ou cannabis para ajudar a melhorar os sintomas de doentes com Sida.
  • Ajuda no tratamento da bronquite asmática.
  • Ajuda a acalmar a ansiedade e a reduzir o nervosismo.
  • Aumenta o desejo sexual.

 

Efeitos secundários e precauções da marijuana

Com este artigo não pretendemos fomentar o consumo de marijuana mas apenas informar que também tem muitos usos terapêuticos. Tal como nos medicamentos abusar no consumo é prejudicial para a saúde.

As pessoas que tomam marijuana de forma regular, sem nenhum fim medicinal e sobretudo sem nenhum tipo de seguimento médico ou terapêutico podem ter:

  • Problemas de memória e aprendizagem.
  • Problemas de comportamento (irritabilidade, isolamento, dificuldade em tomar decisões, letargia, desânimo, etc.).
  • Dependência.
  • Etc.

 

Curiosidade sobre a marijuana

Estão a ser feitos testes há já vários anos com comprimidos de TCH que é o principio activo ou medicinal da cannabis sativa mas sem o efeito psicotrópico.

 

Em todos os casos recomendamos que consulte um médico, terapeuta ou outro profissional de saúde competente. A informação contida neste artigo tem uma função meramente informativa.

loading...

Um comentário

  1. Elvis

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...