fases do sono

Fases do Sono

fases do sono
Quando dormimos passamos por diferentes etapas ou fases do sono, dependendo do estado em que nos encontremos.
Primeiro está a fase NÃO REM, cujas visualizações não chegam a ser sonhos, apenas pensamentos em estado de vigília que vão desaparecendo à medida que esta fase avança. A fase NÃO REM costuma ser mais breve e menos visual do que a que é conhecida como fase REM. Ambas as fases são consideradas sonhos.

Podemos distinguir as seguintes fases do sono:

  • Na primeira fase têm lugar os chamados “sonhos menores”, que têm lugar quando estamos entre a vigília e o sono profundo, a ponto de dormirmos, mas em que qualquer ruído ou interrupção nos pode despertar. Estes sonhos podem apresentar-se em forma de reacções corporais, espasmos, alucinações ou mesmo fazer-nos falar involuntariamente. É devido a esta fase do sono que há pessoas que pensam estar a ver coisas, mas que que depois são incapazes de distinguir se foi sonho ou realidade, razão pela qual há muita gente que dá uma explicação (ilógica) que passaram por uma experiência paranormal. Este tipo de sonhos é também conhecido como sonhos hipnagógicos.
  • A fase seguinte é conhecida como “sono ligeiro”, em que já é menos fácil despertar. Nesta fase diminuem de forma notável as palpitações e a respiração.
  • A fase seguinte é a transição do sono ligeiro para o sono profundo, que dura muito pouco, de dois a três minutos.
  • Após esta fase passamos para a fase REM, em que a nossa capacidade motriz está anulada, impedindo o movimento voluntário do corpo. A única coisa que permanece activa na fase REM é o cérebro que visualiza as imagens que dão lugar aos sonhos. Os pesquisadores ainda não compreenderam totalmente o sono REM e os sonhos. No entanto, sabem que é importante para a criação de memórias de longo prazo. Se o sono de uma pessoa REM for interrompido, o ciclo do sono seguinte tende a não seguir a ordem norma, muitas vezes indo directamente para o sono REM até o momento de onde o sono foi interrompido. Ter uma noite de sono sem REM não significa não ter um sono de má qualidade. Mas é preciso ter cuidado quando sonhamos pouco: isso pode ser um sinal de algum problema de sono, de memória ou no estágio REM. Fique atento e preste muita atenção, pois um sono de qualidade não é uma opção, é uma obrigatoriedade.
Vamos terminar com um conselho: cuide da sua saúde, descubra quais as causas do problema se tiver o sono irregular e tenha a  certeza que está a fazer tudo ao seu alcance para ter um sono de mais qualidade. O seu corpo agradece!
6

Sem comentários

Escrever um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Adblock Detectado!

Este blogue depende da publicidade para se manter online e com acesso gratuito. Por favor desligue o seu bloqueador de publicidade no nosso website.

Este artigo foi útil?

Então subscreva a nossa newsletter para receber novos artigos comodamente no seu email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os seus dados estão seguros connosco. Veja a nossa Política de Privacidade.