O exercício é o melhor remédio contra 26 doenças diferentes

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

exercício é o melhor remédioTodos sabemos que a prática regular de exercício físico traz grandes benefícios para a saúde do organismo. Recentemente os cientistas conferiram os resultados de diversos estudos e confirmaram realmente que o exercício é o melhor remédio contra 26 doenças diferentes.

Foram seleccionados diferentes estudos e ensaios clínicos, tendo-se verificado que o exercício pode ser o tratamento primário para muitas doenças crónicas. Sabe-se mesmo que o exercício físico é tão eficaz como a medicina tradicional, e por vezes até mais eficiente e com menos efeitos secundários.

Mas vamos lá saber quais são as 26 doenças, cujo tratamento pode ser o exercício físico (adequando a actividade físicas a cada uma delas):

  • Doenças psiquiátricas: depressão, ansiedade, stress e esquizofrenia.
  • Doenças neurológicas: demência, Doença de Parkinson e esclerose múltipla.
  • Doenças metabólicas: adiposidade, dislipidemias, síndrome metabólico, síndrome do ovário policístico, diabetes tipo 1 e diabetes tipo 2.
  • Doenças cardiovasculares: hipertensão, doenças coronárias, Acidente Vascular Cerebral, insuficiência cardíaca e claudicação intermitente.
  • Doenças pulmonares: EPOC, Asma e Fibrose Cística.
  • Doenças músculo-esqueléticas: osteoporose, artrose, dor de costas e artrite reumatóide.
  • Cancro.

prevenção do cancro

Com estes estudos, não só se comprovou que o exercício físico é o melhor remédio para tratar estas 26 doenças crónicas, como ainda foi definido um resumo do mecanismo de acção da actividade e do tipo de treinamento adequado para cada uma delas.

Trata-se de uma meta-análise abrangente que nos mostra uma vez mais que o exercício físico não só ajuda a prevenir, como ainda ajuda a tratar diferentes doenças de forma eficiente, com menos efeitos secundários e com mais efeitos colaterais benéficos.

Por tudo isto, se ainda não tinha razões suficientes para praticar exercício com regularidade, então com estes estudos já não há desculpa. O que espera para começar a fazer exercício físico com regularidade? Comece já…

 

Via | Scandinavian Journal of Medicine & Science in Sports, Volume 25, Issue Supplement S3, pages 1–72, December 2015

Deixe o seu comentário


Este artigo foi útil?

Então subscreva a nossa newsletter para receber novos artigos comodamente no seu email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os seus dados estão seguros connosco. Veja a nossa Política de Privacidade.

Os cookies ajudam-nos a fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a utilização de cookies. Saber mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close