curiosidades

A Doença de Morgellons – Um dos Grandes Mistérios da Medicina

morgellonsA doença de Morgellons (também conhecida como síndrome de Morgellons ou doença das fibras) é um dos grandes mistérios que a comunidade científica ainda não foi capaz de resolver.
Esta doença consiste basicamente no aparecimento de úlceras e na sensação contínua de um formigueiro na pele. Para além disso, surgem também uns filamentos fibrosos e não há qualquer rasto de infecção.
As inúmeras teorias que surgiram em volta deste problema de saúde transformaram-na numa questão verdadeiramente polémica. É por este motivo que hoje queremos falar um pouco sobre esta grande incógnita da medicina. E para isso, vamos não só conhecer quais são os principais sintomas da doença de Morgellons, como também vamos conhecer algumas das teorias que circulam à sua volta.
doença de morgellons

Quais são os sintomas da doença de Morgellons?

O processo tem início com o aparecimento de um formigueiro sob a pele que obriga a pessoa afectada a arranhar-se e até mesmo a morder-se para tentar parar a comichão. Dado a persistência do problema, a pessoa convence-se de que existe algum agente externo a atacar o seu corpo. No entanto, quando é feito uma análise apenas é encontrado uma espécie de filamento branco debaixo das feridas, mas cuja origem não é possível de determinar.
Desta forma, estes são os principais sintomas da doença de Morgellons:
  • Erupções cutâneas ou chagas que criam uma sensação intensa de comichão na pele.
  • Cócegas sobre a pele ou debaixo da mesma, parecido com os movimentos dos insectos.
  • Presença de fios ou fibras de origem desconhecida.
  • Sensação intensa de fadiga.
  • Dificuldade de concentração.
  • Perda de memória a curto prazo.
curiosidades

O primeiro aparecimento da doença de Morgellons

Vamos “viajar” até à Pensilvânia (EUA) e ao ano de 2001 para encontrar o primeiro caso relacionado com a doença de Morgellons: uma criança de dois anos que, para além de apresentar estranhas úlceras com filamentos de cor branca, dizia ter uma sensação contínua de formigueiro e mordidelas.
Perante a incapacidade dos médicos para descobrir a causa da doença, a sua mãe, Mary Leitão, começou a investigar por conta própria, tendo descoberto um livro que descrevia um mal-estar físico idêntico ao do seu filho, livro este datado do século XVII.
A partir desse momento, decidiu criar uma associação à qual se juntaram mais de quatro mil pessoas que afirmam padecer dos mesmos sintomas. Há no entanto que referir um pormenor: a maioria dessas pessoas tem antecedentes relacionados com episódios de depressão, ansiedade e problemas de consumo de drogas.
origem doença morgellons

As diversas teorias sobre a doença de Morgellons

Perante a ausência de explicações médicas, surgiram muitas e diversas teorias sobre esta doença, sendo que a primeira refere tratar-se de um problema de ordem mental. Com efeito, os sinais e sintomas apresentam uma grande semelhança com os delírios de parasitose (uma falsa convicção de infecção por parasitas).
Outra teoria, um pouco mais surpreendente, é a chamada teoria dos chemtrails, que culpa os rastros de fumo deixados pelos aviões no céu. Esta teoria diz que os chemtrails são acções intencionais de fumigação por parte do poder político para diminuir a população ou que são testes de armas experimentais.
Apesar de estas teorias não terem sido bem recebidas pela comunidade científica porque não têm argumentos sólidos, há que dizer que a origem da doença de Morgellons parece um mistério (ainda) sem solução e que apresenta mais incógnitas do que respostas.
Como sempre, convidamo-lo a deixar o seu comentário com a sua opinião sobre este tema polémico.
1

Sem comentários

Escrever um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este artigo foi útil?

Então subscreva a nossa newsletter para receber novos artigos comodamente no seu email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os seus dados estão seguros connosco. Veja a nossa Política de Privacidade.