Dietas Saudáveis

Dietas Saudáveis Ajudam a Alcançar a Felicidade

Dietas SaudáveisSeguir dietas saudáveis não só é importante para a saúde física como também a mental. Uma dieta rica em alimentos saudáveis pode melhorar o humor, o bem- estar, a atenção, além de contribuir para diminuir a ansiedade nas pessoas.
As verduras e legumes, fontes de fibras e vitaminas, têm um papel preponderante na garantia do bem-estar mental. Uma alimentação rica em verduras, frutas, grãos e carnes trás muitos benefícios para a saúde física das pessoas e pode até ser um factor para ajudar a pessoa a ser feliz.
Uma pesquisa feita na Inglaterra avaliou 80 pessoas e verificou um aumento geral no bem-estar mental das pessoas que seguiam dietas saudáveis, ou seja, consumiam frutas e verduras. Quanto mais desses alimentos as pessoas ingeriam, melhores eram os resultados. Quem ingeria sete porções de 80 gramas por dia se sentia muito melhor em termos de bem-estar e felicidade. Depois deste estudo, os pesquisadores sugeriram mudanças nas directrizes de alimentação dos Estados Unidos e Reino Unido.
Embora esse estudo tenha sido feito em britânicos, isso não invalida os resultados, pois a nossa constituição biológica não difere da dos ingleses.
Em linhas gerais as dietas saudáveis, também chamadas de dietas da felicidade são as mesmas dietas equilibradas recomendadas para a saúde física e inclui também fibras, proteínas e vitaminas.
Como o cérebro não é um órgão que armazena uma quantidade grande de energia, ele precisa ser constantemente alimentado e é por isso que os alimentos têm uma influência directa neste órgão. Um dos principais neurotransmissores do bem-estar é a serotonina, que é formada pelo aminoácido triptófano e que é encontrado em carnes, peixes, ovos e outras fontes de proteína natural.
O ómega 3 também actua como um estabilizador do humor. Ele está presente no bacalhau, salmão, atum, brócolos, rúcula e couve. Ele ajuda na boa comunicação cerebral e de outras células do corpo humano.

Diminuir o Açúcar e os Conservantes

Evite os produtos industrializados, pois normalmente têm poucos nutrientes e muitos aditivos químicos que podem inibir o organismo de absorver os nutrientes dos alimentos. Um bom exemplo disso são os refrigerantes.
É sabido que os níveis de açúcar no sangue variam durante o dia, mas se você ingerir muitos carboidratos ou produtos com muito açúcar pode levar a um grande desequilíbrio desses níveis, o que pode vir a influenciar o humor. Isto explica um pouco do tradicional mau humor que algumas pessoas têm pela manhã, pois após um jejum de muitas horas durante o sono, os níveis de açúcar estão invariavelmente mais baixos. Alimentos a base de pão ou açúcar fazem co quem esses níveis subam de uma forma muito acelerada, provocando a alteração de humor. Para evitar essa situação, é importante regular o consumo de carboidratos juntamente com as boas gorduras presentes nas nozes e amêndoas além de proteínas presentes na clara de ovo e carnes magras.
Muitas pessoas podem até mesmo dispensar o uso de medicamentos para o humor simplesmente se seguirem uma dieta saudável e equilibrada. Esses medicamentos actuam na produção de neurotransmissores, mas se     os alimentos podem desempenhar esse papel, não há motivos para continuar com os medicamentos em alguns casos.
Não vamos deixar aqui as quantidades de cada alimento que constitui uma dieta saudável, pois o objectivo deste artigo é alertar para a relação entre a boa alimentação e a saúde mental das pessoas. Nós somos aquilo que comemos. Não é só a aparência física que é influenciada por um má alimentação, mas também a saúde do seu cérebro e de sua alma.
2

Sem comentários

Escrever um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este artigo foi útil?

Então subscreva a nossa newsletter para receber novos artigos comodamente no seu email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os seus dados estão seguros connosco. Veja a nossa Política de Privacidade.