Dieta para baixar os níveis de ácido úrico

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

ácido úricoO ácido úrico é uma substancia química que se cria no corpo pela decomposição das substancias conhecidas como purinas. É eliminado do corpo através dos rins, através da urina, depois de se ter dissolvido no sangue. Se não for eliminado adequadamente do corpo, os níveis altos de ácido úrico acumulam-se causando doenças como a gota e problemas renais.

Os níveis altos de ácido úrico no corpo são conhecidos como “hiperuricemia” e também podem contribuir para piorar outras doenças como a diabetes, a leucemia e a hipertensão. A hiperuricemia é geralmente causada pela ingestão regular de alimentos ricos em purinas e, condições como o hipoparatireoidismo, a intoxicação por chumbo, insuficiência renal e pelos efeitos secundários da quimioterapia.

A dieta joga um papel preponderante na manutenção do nível de ácido úrico no organismo. Os níveis altos de ácido úrico no corpo podem ser reduzidos pelo consumo de determinados alimentos. Uma dieta ideal para a redução do ácido úrico deve incluir hidratos de carbono, um consumo moderado de proteínas e um consumo muito baixo de gordura. Uma dieta pensada para a redução de ácido úrico deve incluir alimentos ricos em potássio.

Estes são alguns dos alimentos que se podem incluir na dieta: batatas, abacates, pêssegos, sumo de laranja, maçãs, bananas, leite magro, iogurte, tofu, tomates, ovos, manteiga, queijo, milho, arroz, massa, cereais, etc. Os alimentos com altos níveis de purinas devem ser evitados, enquanto os que tiverem níveis médios ou baixos devem ser consumidos com moderação. Deve ser mantida uma estrita vigilância dos alimentos mantendo a quantidade e a consistência do consumo.

loading...

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...