Dieta do Orgasmo

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

Dieta do orgasmoA dieta do orgasmo consiste em adaptar a nossa dieta a alimentos ricos em nutrientes que melhorem o desempenho dos órgãos do sistema reprodutor e que funcionam como estimulantes à actividade sexual.

 

Vitamina A

Alimentos ricos em vitamina A, como o fígado, ovos, queijo, manteiga e cenouras, ajudam a manter a saúde dos tecidos epiteliais que revestem a superfície interna e externa do corpo. Isto inclui a vagina e o útero, o que tornará a mulher mais saudável para o sexo.

 

Vitamina B

Deficiências em vitamina B e ácido fólico estão normalmente associadas a infertilidade e é por isso aconselhável a mulheres que estejam a tentar engravidar o consumo de alimentos com estes nutrientes, como vegetais com folha, como espinafres e couves, fígado, laranjas, feijões, amendoins e bananas.

 

Vitamina C

Aumentar o consumo de vitamina C é uma boa forma de ajudar a aumentar a fertilidade, particularmente para os homens, pois aumenta a quantidade e qualidade de esperma produzido. Esta vitamina também ajuda a evitar uma condição conhecida como aglutinação do esperma, o que torna mais difícil aos espermatozóides atingir o óvulo. Finalmente o casal terá mais energia e durabilidade durante o acto sexual. Encontra-se em frutas e vegetais, especialmente em quivis, morangos e citrinos.

 

Zinco

Existe provavelmente um grão de verdade na teoria que diz que as ostras são um afrodisíaco e uma ajuda para a vida sexual, pois são um dos alimentos mais ricos em zinco. O zinco é um dos nutrientes associados ao aumento da libido e produção de esperma. Baixos níveis de zinco também estão ligados a diminuição da libido, especialmente nas mulheres. Pode-se obter zinco em alimentos como ostras, arroz integral, vegetais escuros, carnes vermelhas e peru.

 

Selénio

Este mineral é vital para assegurar a produção saudável de óvulos e esperma. Encontra-se em carnes magras, aveia e arroz integral.

 

Manganésio

O estrogénio, hormonas femininas, necessitam de manganésio para ser metabolizado. Uma alimentação deficiente em manganésio pode reduzir significativamente a fertilidade feminina. Pode ser encontrado em espinafres, avelãs, chá, cereais integrais, ananás, feijão, ervilhas e passas.

 

Estes alimentos e estes nutrientes podem tornar a sua vida sexual mais activa mas acima de tudo mais saudável. E você o que pensa desta dieta “especial”?

Deixe o seu comentário


Este artigo foi útil?

Então subscreva a nossa newsletter para receber novos artigos comodamente no seu email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os seus dados estão seguros connosco. Veja a nossa Política de Privacidade.

Os cookies ajudam-nos a fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a utilização de cookies. Saber mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close