anestesia

Tipos de Anestesia: Geral, Local e Sedação

anestesia
Ninguém gosta de sentir dor. Por essa razão, os médicos quando fazem uma cirurgia aliviam a dor com a anestesia e os dentistas também a usam durante os procedimentos de tratamento dentários.
A anestesia é um estado de insensibilidade que se consegue através de medicamentos que evitam a sensação de dor durante uma cirurgia ou qualquer outro procedimento médico.
A anestesia é uma indução temporária da perda da consciência e da sensibilidade e que pode incluir:
  • Analgesia (Perda da percepção da dor)
  • Relaxamento muscular
  • Amnésia(Perda de memória)
  • Perda de conhecimento
O anestesista é o médico que escolhe o tipo de anestesia para cada pessoa  e qual a dose indicada para poder realizar a intervenção pretendida. Os fármacos utilizados são: medicamentos hipnóticos, sedativos, narcóticos, analgésicos e bloqueadores neuromusculares
Os efeitos da anestesia podem durar desde alguns minutos até várias horas e quando o seu efeito passa o paciente recobra os sentidos.
A anestesia tem uma série de riscos que vão desde náuseas, vómitos, ataques cardíacos, embolia pulmonar ou até mesmo morte. Estes riscos dependem do estado de saúde do paciente, da complexidade da operação e do tipo de fármacos utilizados.

Tabela de Conteúdos

Tipos de anestesia

A anestesia permite realizar as operações que são necessárias sem dor. A anestesia pode ser de três tipos: geral, local e sedação.

Anestesia geral

A anestesia geral tem as seguintes características:
  • Afecta todo o corpo
  • O paciente fica inconsciente
  • Através de fármacos é suprimida a actividade do sistema nervoso central
  • Pode ser administrada através de gases inalados com uma máscara ou com fármacos por via intravenosa
  • É levada a cabo por três razões: anular os movimentos, anular a dor e provocar a falta de consciência

Anestesia local

A anestesia local tem as seguintes características:
  • Perda de dor numa parte do corpo
  • A pessoa permanece consciente e entende os sons
  • É administrada por via venosa (injecção)

Sedação

Na sedação são administrados fármacos que favorecem o relaxamento. Podem ser de três tipos:
  • Relaxado e desperto. O paciente pode responder a perguntas
  • Relaxado e sonolento. O paciente está meio adormecido mas será facilmente acordado se for tocado
  • Sonolento e adormecido. O paciente acordará pouco tempo após o procedimento pois foi atrasada a respiração e é preciso dar-lhe oxigénio.
Hoje em dia a anestesia é um processo bastante seguro. São os idosos quem corre maiores riscos quando são sujeitos a intervenções que recorrem à ajuda da anestesia.
3

Sem comentários

Escrever um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este artigo foi útil?

Então subscreva a nossa newsletter para receber novos artigos comodamente no seu email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os seus dados estão seguros connosco. Veja a nossa Política de Privacidade.