Anemia perniciosa: causas, sintomas e tratamento

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

anemia perniciosaA anemia é uma doença caracterizada pela falta de glóbulos vermelhos no organismo, que, como sabemos, têm a função de fornecer oxigénio aos tecidos do corpo. No caso da anemia perniciosa, também chamada de anemia megaloblástica, há uma diminuição de glóbulos vermelhos que acontece quando os intestinos não são capazes de absorver correctamente a vitamina B12, a qual é um nutriente necessário para o correcto desenvolvimento dos mesmos. Na maioria dos casos, isto deve-se a uma reacção auto-imune. Hoje vamos saber tudo sobre a anemia perniciosa, causas, sintomas e tratamento.

 

Causas da anemia perniciosa

A vitamina B12 é obtida através do consumo de alimentos como carne vermelha, fígado, ovos, leite e derivados, pescado azul, marisco, entre outros. O organismo precisa deste nutriente para produzir glóbulos vermelhos. Para o absorver, as células do estômago devem segregar uma proteína especial chamada factor intrínseco (FI) que ajuda os intestinos a assimilar a vitamina B12. Quando o estômago não produz uma quantidade suficiente de factor intrínseco, os intestinos são incapazes de absorver o nutriente.

Este problema pode ocorrer, essencialmente, pelos seguintes motivos:

  • Um enfraquecimento do revestimento do estômago, chamado gastrite atrófica, ou outros problemas gástricos, como por exemplo infecções por Helicobacter pylori, doença de Crohn ou uma dieta pobre em vitamina B12.
  • Como consequência de certas doenças endócrinas auto-imunes como a diabetes tipo 1, problemas de tiróide, doença de Addison, doença de Graves ou vitiligo, entre outros.
  • Quando é transmitida geneticamente (o que é pouco frequente), a doença tem o nome de anemia perniciosa congénita. Ter antecedentes familiares da mesma é um factor que aumenta o risco de vir a ter esta doença, embora não seja determinante.

De uma forma geral esta doença não se detecta em adultos até aos 30 anos.

 

Sintomas de anemia perniciosa

A intensidade dos sintomas pode ser bastante variável de caso para caso. Entre os vários sintomas de anemia perniciosa, podemos encontrar os seguintes:

  • Dificuldades para respirar correctamente.
  • Fadiga, cansaço e palidez na pele.
  • Diarreia ou prisão de ventre e falta de apetite.
  • Frequência cardíaca alta.
  • Feridas na boca, inflamação na língua ou sangramento das gengivas.

Ao fim de algum tempo a falta de vitamina B12 no organismo pode provocar danos no sistema nervoso, o que se pode traduzir em confusão, perda do equilíbrio, formigueiro nas extremidades do corpo ou depressão.

 

Tratamento da anemia perniciosa

O tratamento é dirigido ao aumento dos níveis de vitamina B12 no corpo. Para o efeito costuma-se dar uma injecção de vitamina B12 uma vez por mês. Também podem ser tomados suplementos orais do nutriente ou então ser administrado por via nasal.

Os tratamentos podem ser combinados para se conseguir melhores resultados ou apenas optar por um deles, sempre consoante o estado do paciente.

Uma dieta equilibrada é imprescindível; aumentar também a ingestão de ácido fólico, ferro e vitamina C pode ser uma grande ajuda para o bom desenvolvimento dos glóbulos vermelhos.

Os danos neurológicos são perigosos, pelo que é muito importante fazer um diagnóstico o mais rápido possível.

Após o tratamento, o prognóstico costuma ser positivo. Os problemas gástricos provocados pela falta de vitamina B12 tornam os pacientes com anemia perniciosa mais propensos a sofrer de cancro no sistema digestivo. Apesar de tudo, esta condição não costuma provocar complicações maiores.

 

Alimentos para aumentar os níveis de vitamina B12

As formas de aumentar a vitamina B12 no organismo vão desde suplementos combinados com outros complexos do grupo B, como por exemplo o magnésio, até uma dieta abundante nos seguintes alimentos:

  • Carne, como por exemplo fígado de porco ou vaca.
  • Frango é o mais recomendável, já que tem poucas calorias.
  • Ovos e produtos de origem láctea.
  • Os vegetais, apesar de deverem estar incluídos em qualquer dieta saudável, não são a maior fonte de vitamina B12. É por este motivo que os vegetarianos costumam ter uma deficiência desta vitamina.

 

Este artigo é meramente informativo. Não temos competência para receitar tratamentos médicos ou realizar algum tipo de diagnóstico. Convidamo-lo a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer problema de saúde.

Deixe o seu comentário


Este artigo foi útil?

Então subscreva a nossa newsletter para receber novos artigos comodamente no seu email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os seus dados estão seguros connosco. Veja a nossa Política de Privacidade.

Os cookies ajudam-nos a fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a utilização de cookies. Saber mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close