Alimentos para a menopausa

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

Conhecer qual é a melhor alimentação durante a menopausa vai ajudar a prevenir ou aliviar os sintomas e efeitos desta etapa pela qual todas as mulheres passam.

alimentos para menopausa

A menopausa

A menopausa é o final da etapa reprodutiva da mulher. Começa na pré-menopausa com o declínio da produção de estrogénio, o que leva a um desequilíbrio hormonal. Continua com a menopausa, com o cessar da menstruação que se confirma quando passam 12 meses consecutivos sem período, sendo a fase seguinte a pós-menopausa.

O final da produção de estrogénio leva a uma série de sintomas (transpiração afrontamentos, alterações no metabolismo, etc.). No entanto, estes sintomas podem ser aliviados ou prevenidos com bons hábitos de vida. Não é aconselhável terapia de substituição hormonal, pelos efeitos secundários que acarreta.

As alterações no metabolismo costumam reflectir-se num aumento de peso ( de que ninguém gosta). A melhor forma de evitar este aumento de peso é seguir uma alimentação correcta durante a menopausa.

 

Alimentos que devem ser mais consumidos a partir da menopausa

A alimentação deve ser bem vigiada durante a menopausa. Confeccionar menus equilibrados e completos vai ajudar a cuidar melhor da saúde durante esta etapa cheia de mudanças.

Os alimentos que aconselhamos de seguida nunca devem faltar na sua dieta se já estiver a passar por esta fase da vida:

  • Verduras: couves, brócolos, couve-flor, nabos, brotos de alfafa, feno-grego, algas (arame, hijiki, kombu, wakame, chlorela, spirulina), alcachofas, chicória, agriões, alface, rúcula, cebolinho, salsa, alho-porro, abóbora, cenouras, espargos e cogumelos.
  • Frutas: abacaxi, morangos, framboesas, groselhas, amoras, mirtilos, goji, uva negra, passas, figos, tâmaras, laranjas, tangerinas, ameixas, maçãs, romãs, anonas, coco e abacate.
  • Condimentos: cavalinha, feno-grego.
  • Especiarias: alho, açafrão, canela, mostarda, gengibre, manjericão, noz-moscada, orégãos, hortelã e coentros.
  • Sementes: gergelim, sementes de papoila, sementes de abóbora, linho, chia e cacau.
  • Frutos secos: amêndoas, cajus, nozes, pistachos, avelãs, castanhas, nozes pecãs e pinhões.
  • Cereais: arroz integral, milho, quinoa, trigo-sarraceno, aveia e amaranto.
  • Legumes: soja, grão-de-bico, feijão branco, lentilhas, ervilhas, favas e tofu.
  • Tubérculos: cebola, alho, nabos, cenouras e beterraba.
  • Peixe: Peixes azuis (sardinhas, anchovas, cavala), pescada, robalo e bacalhau.
  • Carne: frango, peru e coelho.
  • Produtos lácteos: queijo de cabra e ovelha semicurados, iogurte e kefir.
  • Produtos fermentados: chucrute, soja fermentada (miso e tamari), umeboshi, kombucha e água de kefir.

 

Aliemntos que devem ser evitados a partir da menopausa?

Na alimentação durante a menopausa há alguns alimentos que é melhor deixar de lado, como por exemplo:

  • Alimentos acidificantes: carnes vermelhas, salgados, fumados, açúcares, refinados…
  • Enchidos e sal.
  • Regimes hiperproteicos.
  • Excesso de álcool.
  • Alimentos que dificultam a absorção de cálcio (excesso de fibras dietéticas, oxalatos, como por exemplo espinafres, cacau, café, chá, antiácidos, excesso de gorduras).
  • Alimentos que alteram o metabolismo do cálcio (solanáceas, p.ex. tomates, beringelas, batatas, excesso de alimentos ricos em potássio, p.ex. bananas; excesso de enchidos e conservas (fosfatos), excesso de laxantes e diuréticos, comidas muito salgadas, tetraciclinas, bebidas gaseificadas, sumos com cafeína, sumos com alto conteúdo de fosforo e cacau.

 

Conselhos gerais a partir da menopausa

  • Comer alimentos hidratados e beber 2 litros de água por dia.
  • Lípidos de origem vegetal (azeite extra virgem).
  • Mastigar e salivar bem os alimentos.
  • Potenciar o consumo de alimentos procedentes de agricultura biológica.
  • Manter uma vida activa, sem abusar da energia (há preciso descansar mais).
  • Exercício físico adequado.
  • Praticar exercícios de respiração para oxigenar os tecidos
  • Tomar banhos de sol 30 minutos por dia (em horas prudentes)
  • Manter os intestinos em boas condições para uma boa assimilação dos alimentos.
  • Manter em boas condições o fígado e os rins.

 

Complementos dietéticos recomendados para prevenir ou tratar os sintomas da menopausa

  • Afrontamentos: Isoflavonas de soja.
  • Secura vaginal: óleo de germe de trigo, omega-6 e óleo de sésamo.
  • Descalcificação: Óleo de fígado de bacalhau, shiitake, alfafa verde, dolomita, coral marinho, minerais ricos em cálcio, sésamo, plantas remineralizantes, algas.
  • Artrite-Artrose: Cartilagem de tubarão, silício, colagénio, massagens com óleo de sésamo ou álcool de vitaminas.
  • Arteriosclerose: Omega-3 e vitamina C.
  • Hipercolesterolemia: Lecitina de soja, betaglucanos, sementes de chia,
  • Hipertensão: Comprimidos de alho e espinheiro.
  • Irritabilidade, nervosismo, stress: Plantas relaxantes (erva-cidreira, neroli, passiflora, manjerona, tília, valeriana, papoila, lúpulo).
  • Esgotamento e falta de energia: Geleia Real, bagas de goji, ginseng, guaraná.

 

Cuidados com a pele na menopausa

A pele é a tela de protecção em relação ao mundo exterior e deve ser muito bem cuidada. Para além de ser necessário cuidar bem da alimentação, há que prestar também atenção as seguintes conselhos:

  • Manter a pele bem hidratada bebendo água suficiente.
  • O ómega 6 evita a pele seca.
  • Bálsamos à base de Aloé Vera e Calêndula para manter o poder regenerativo.
  • Passar cremes em circulo para manter e activar a circulação das pernas.
  • Rosa mosqueta para disfarçar as rugas faciais.
  • Cremes reafirmantes para manter a suavidade.

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os cookies ajudam-nos a fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a utilização de cookies. Saber mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close