A luz azul previne os suicídios?

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

A luz azul previne os suicídios

Luz azul nas ruas em vez de branco, laranja ou amarelo pode reduzir significativamente o número de suicídios e crimes. Embora os estudos científicos ainda sejam insuficientes para confirmar isso, várias cidades pelo mundo decidiram já testar esta medida.

No Japão, uma conceituada empresa começou a instalar vários painéis, para projeção de luz LED azul na sua plataforma, de modo a desencorajar as pessoas que normalmente aí tentavam suicídio. De acordo com seus representantes a medida deu resultado e fez com que a taxa de suicídios anual cometidos a partir daquela local caísse cerca de 20%.

Na cidade de Glasgow (Escócia), nas ruas iluminadas de azul – uma medida adoptada há alguns anos pelos representantes locais em algumas ruas daquela cidade -, gerou uma queda de 9% nos crimes cometidos nessas áreas em relação ao resto da cidade.

Apesar destes resultados, Tsuneo Suzuki, professor da Universidade de Keio (Japão), disse que, embora os estudos científicos demonstrem que a cor azul tem um efeito calmante sobre as pessoas, isso não quer dizer que pode impedir alguém de cometer um homicídio ou suicídio. Para se chegar a essa conclusão ainda é necessário muitos mais estudos.

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este artigo foi útil?

Então subscreva a nossa newsletter para receber novos artigos comodamente no seu email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os seus dados estão seguros connosco. Veja a nossa Política de Privacidade.