Curcuma

4 Super-Alimentos de Combate ao Declínio Cognitivo e Físico

O cérebro comanda todo o corpo e por isso merece ser bem nutrido. Um declínio a nível da função cerebral vai levar a declínios em todo o corpo, dependendo das zonas do cérebro mais afectadas. Mas no geral, todo o corpo tem que ser bem nutrido para que todas as suas funções se mantenham em níveis óptimos.

Uma alimentação variada, o mais natural possível e biológica ajuda a atrasar o declínio físico e intelectual.

Todos os alimentos podem ser importantes, mas desta vez sugerimos 4 alimentos que podem ser considerados super-alimentos.

 

Tabela de Conteúdos

Mirtilos

super-alimentosMirtilos são bagas com uma capacidade antioxidante muito interessante e é em parte devido a essa capacidade que têm um papel tão importante na protecção do cérebro. Há muita evidência científica que mostra que os mirtilos ajudam a reverter ou atrasar o declínio cognitivo.

Ajudam também na manutenção de uma memória sã, diminuem a inflamação, melhoram a comunicação neuronal e podem diminuir o risco de doenças como a de Alzheimer.

Se tiver hipótese coma meia chávena de mirtilos todos os dias.

Em alternativa use outras bagas como amoras, groselhas, framboesas. Prefira as de agricultura biológica, frescas ou congeladas. As congeladas são óptima hipótese (igualmente nutritiva) quando não estamos na época destes frutos e permitem enriquecer por exemplo smoothies.

 

Brócolos

superalimentosNão é necessário comer brócolos todos os dias desde que todos os dias tenha legumes verdes na sua alimentação. Basta que coma uma chávena almoçadeira de brócolos 3 vezes por semana. Este alimento possui sulforafano que é um composto que protege as células do cérebro. É também muito rico em vitamina K e vitamina C. Tem também capacidade de desintoxicação e ajuda a prevenir cancro.

Tente cozinhar os brócolos com muito pouca água, cozinhá-los a vapor ou mesmo comê-los crus.

Podem também ser usados em batidos e em purés.

 

Nozes

nozesAs oleaginosas e sementes no geral são alimentos importantes para o organismo. As nozes são especiais por possuírem maior quantidade de gordura polinsaturada nomeadamente ómega 3. Fornecem diversos mineras também. As nozes ajudam o organismo a lidar com o stress, são antioxidantes e especialmente nas células cerebrais parecem ter um efeito muito marcado.

Permitem o aumento do funcionamento de neurotransmissores, são anti-inflamatórias, ajudam a prevenir doenças degenerativas.

A gordura é de facto importante para a saúde, mas temos de saber escolher as gorduras certas.

As nozes podem ser usadas isoladamente ou podem ser comidas com fruta, incorporadas em batidos ou até em saladas. Prefira as naturais e evite as torradas e salgadas.

 

Curcuma

CurcumaA curcuma é uma especiaria com características interessantíssimas, que deve os seus efeitos ao composto chamado curcumina. O seu principal benefício é ser anti-inflamatória o que é fundamental para todo o organismo especialmente para o cérebro. Existe já evidência de que a curcumina tem efeitos marcados na prevenção de doenças como a de Alzheimer.

A inflamação é um processo benéfico que nos ajuda a recuperar, mas quando descontrolado pode levar a inúmeras doenças e a um rápido declínio cognitivo e físico.

Use curcuma nos seus pratos várias vezes por semana.

 

Não é pretendido que use só estes 4 alimentos e que não tenha mais cuidados com a sua alimentação.

Todos os dias use alimentos semelhantes a estes: outros vegetais verdes e também de outras cores, frutas, especiarias e gorduras de qualidade.

1

Sem comentários

Escrever um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este artigo foi útil?

Então subscreva a nossa newsletter para receber novos artigos comodamente no seu email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os seus dados estão seguros connosco. Veja a nossa Política de Privacidade.