Benefícios da vinoterapia

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

Neste artigo vamos descobrir os imensos benefícios da vinoterapia. Este é um tratamento com vinho que pode ser ideal para mimar e cuidar a pele.

vinoterapia

O que é a vinoterapia?

Conta-se que a vinoterapia foi criada por dois franceses, Matilde Cathiard e Bertrand Thomas, que criaram o primeiro spa de vinho do mundo, as Termas de Caudalie, próximo de Bordéus (França), uma zona muito famosa devido aos seus vinhos.

Na verdade, a história terá sido outra. Em 1993, durante as vindimas da família de Mathilde, em Château Smith Haut Lafitte (uma das casas de vinho mais conhecidas e prestigiadas de Bordéus), um professor universitário partilhou com eles a sua admiração. “Sabiam que estão a deitar fora um tesouro?”, interpelou. Referia-se às cascas e grainhas das uvas que iam parar ao lixo no processo da vindima. Joseph Vercauteren, professor na Universidade de Farmácia de Bordéus, revelou à família as capacidades antioxidantes das uvas, e sobretudo, a riqueza dos polifenóis, que protegem o organismo dos radicais livres, a principal causa do envelhecimento. Dentro dos polifenóis, destaca-se o resveratrol, gerador de defesas imunitárias e que contribui para uma maior longevidade.

Rapidamente se percebeu o potencial para a estética das propriedades do vinho, e assim nasceu, em 1995, a Caudalie.

O termo caudalie é, de resto, do domínio da enologia: é a medida de tempo que o vinho persiste na boca após a degustação. Um segundo de persistência equivale a um caudalie. E quanto melhor o vinho, mais caudalies terá.

De 1999, quando o primeiro spa de vinoterapia foi inaugurado, até hoje, muitos produtos viram a luz do dia, e outras termas dedicadas ao vinho surgiram por todo o mundo.

Para muitos poderá ser surpreendente que uma bebida alcoólica relacionada com tantos problemas de saúde seja aplicada como terapia ou como tratamento para a beleza da pele.

Mas já há muito tempo que se sabe dos benefícios de um copo de vinho às refeições, que entre outras coisas beneficia a saúde cardiovascular.

No caso da vinoterapia não se bebe o vinho, este apenas é usado como óleo de massagem. Desta forma a pele absorve as suas propriedades rejuvenescedoras e nutrientes para conseguir um melhor aspecto geral e, ao mesmo tempo, tentar com uma massagem eliminar as tensões do corpo causadas pelo estresse diário.

 

Como funciona?

A vinoterapia utiliza não só vinhos, como também outros derivados da uva. Funciona porque a uva e a sua fermentação produzem uma grande quantidade de substâncias naturais benéficas para a pele e o organismo em geral. É o caso dos polifenóis, proantocianidinas, antocianósidos e resveratrol.

Estes componentes dão ao vinho grandes qualidades antioxidantes, que segundo os promotores da vinoterapia, facilitam a regeneração celular, limpam a pele das células mortas, eliminam toxinas da derme e estimulam a circulação melhorando a oxigenação e nutrição da epiderme.

 

Tipos e diferenças entre os vinhos usados na vinoterapia

Cada tipo de vinho tem uma qualidade específica em relação aos outros. Entre os vinhos mais usados na vinoterapia, temos os seguintes com os respectivos benefícios:

  • Lambrusco: Porque tem uma grande quantidade de minerais, é usado sobretudo para nutrir a pele.
  • Sauvignon e Chianti: As suas qualidades relaxantes tornam estes vinhos ideais para sessões de vinoterapia com massagens relaxantes anti-stress.
  • Cabernet e Merlot: A sua capacidade para limpar a pele permite que sejam usados em tratamentos exfoliantes.
  • Rioja: Pelas suas qualidades é um vinho indicado para diversos tratamentos de beleza.

 

Benefícios da vinoterapia

Esta terapia, segundo os seus defensores, proporciona os seguintes benefícios:

  • A riqueza em antioxidantes do vinho neutraliza os radicais livres que provocam a oxidação celular, uma das causas para o envelhecimento da pele.
  • Os polifenóis mantêm as fibras de elastina e colagénio proporcionando uma pele elástica e menos propensa a rugas.
  • O vinho possui vitaminas B1 e B2 e a sua aplicação tópica nutre a pele tornando-a mais saudável, renovada, fresca e lustrosa.

 

Tratamentos da vinoterapia

Terapia rejuvenescedora, reafirmante ou tonificante, relaxante, redutora e até mesmo circulatória que ajuda a combater as pernas cansadas. As sessões podem ser faciais ou completas.

loading...

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.