Risoterapia

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

risoterapia

A risoterapia pode ajudar através do riso a eliminar bloqueios emocionais ou físicos, através de um processo de crescimento pessoal.

 

O que é a risoterapia?

A risoterapia é uma forma de atingir o relaxamento, abrir a nossa capacidade de sentir, de amar, de chegar ao silencio, ao êxtase, à criatividade, usando o riso como caminho.

São usadas técnicas que ajudam a libertar as tensões do corpo e assim poder atingir a gargalhada, entre elas: a expressão corporal, o jogo, a dança, exercícios de respiração, massagens, técnicas para rir de forma natural, saudável, que saia do coração, do ventre, de um modo simples tal como as crianças.

 

Em que consiste a risoterapia?

Foi comprovado que o riso franco, as gargalhadas, trás imensos benefícios: rejuvenesce, elimina o stress, tensões, ansiedade, depressão, colesterol, emagrece, dores, insónias, problemas cardiovasculares, respiratórios, qualquer doença. Traz-nos aceitação, compreensão, alegria, relaxação, abre os nossos sentidos, ajuda a transformar os nossos padrões de pensamento.

Recentes estudos sobre a capacidade do riso para combater todo o tipo de doenças indicaram que enquanto rimos libertamos uma grande quantidade de endorfinas, responsáveis em grande parte pela sensação de bem estar.

 

Em que nos pode ajudar a risoterapia?

A risoterapia utiliza o riso com o intuito de eliminar bloqueios emocionais, físicos, mentais, sexuais, como processo de crescimento pessoal. É criado um espaço para estar com si mesmo, viver o aqui e agora, estar no presente, já que quando rimos é impossível pensar, ajuda-nos a descobrir os nossos dons, abrir horizontes, vencer os medos, enche-nos de luz, de força, de ilusão, de sentido de humor, de bem estar e de aprender a viver uma vida positiva, intensa, sincera e total, como as crianças.

Após uma sessão de duas horas, é inevitável sentir-se pleno, amoroso, terno, alegre, vital, cheio de energia e um sem fim de sentimentos positivos. Parece mentira como um método tão fácil como é o riso pode trazer-nos tanto: o riso é Magia, é Alquimia, é a melhor medicina.

“A vida é na sua totalidade uma grande brincadeira cósmica. Não é algo serio, e encará-la seriamente será perdê-la. Entende-a unicamente através do Riso”. OSHO.

 

Origem e evolução da risoterapia

Diferentes correntes filosóficas conhecem à séculos a importância do riso e do sentido de humor, promovendo-o de maneira prática.

Há mais de 4000 anos no antigo império chinês, havia uns templos onde as pessoas se reuniam para rir com a finalidade de equilibrar a sua saúde. Na Índia também se encontram templos sagrados onde se pode praticar o riso.

Em culturas ancestrais do tipo tribal, existia a figura do “doutor palhaço” ou “palhaço sagrado”, um feiticeiro vestido e maquilhado que executava o poder terapêutico do riso para curar os guerreiros doentes.

Sigmund Freud atribuiu às gargalhadas o poder de libertar o organismo de energia negativa, algo que tem sido cientificamente demonstrado ao descobrir que o córtex cerebral liberta impulsos eléctricos negativos um segundo depois de começar a rir. Nos últimos 30 anos muito se tem avançado na aplicação do riso como terapia.

Nos anos 70, um médico californiano aplicou a alegria e o bom humor como apoio na recuperação e tratamento de doenças, obtendo excelentes resultados. A partir de então começou-se a utilizar a técnica da terapia do riso em hospitais dos Estados Unidos, Suíça, Alemanha e França.

loading...

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...