Remédios naturais para tratar infecções fúngicas

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

infecções fúngicas

Os medicamentos que geralmente são recomendados no tratamento de infecções micóticas costumam aliviar os sintomas, mas não previnem o seu reaparecimento. Por isso, muitas pessoas optam pela utilização de remédios caseiros para curar definitivamente este tipo de infecção. Alguns dos remédios naturais mais eficazes para o tratamento de infecções fúngicas são:

 

Iogurte natural

O iogurte natural sem açúcar é um dos mais populares remédios contra as infecções fúngicas. Contém uma serie de bactérias benéficas (acidophilus), que podem controlar o crescimento de outras nocivas (candida albicans). O iogurte também se pode aplicar topicamente sobre a zona infectada, incluindo a vagina.

 

Vinagre de maçã

Este remédio caseiro é conhecido pelas suas propriedades antibacterianas e antifúngicas. Também pode proporcionar alívio dos sintomas dolorosos da infecção fúngica. As mulheres podem lavar a zona vaginal com uma mistura deste vinagre (um ou duas colheres) com um litro de água. Este remédio pode ser usado diariamente, mas não mais do que durante uma semana.

 

Alho

Tal como o vinagre, o alho tem propriedades antifúngicas. Pode-se comer um ou dois dentes de alho por dia para tentar diminuir as infecções fúngicas. O alho também pode ser utilizado topicamente como uma cura para a infecção. Basta esmagar um ou dois dentes de alho e fazer uma pasta. Aplique sobre a zona da pele infectada.

 

Camomila

O botânico James A. Duke, autor de The Green Farmácia Herbal Handbook, destaca a camomila como sendo uma erva particularmente útil no tratamento de infecções de pele, incluindo infecções por fungos e outras doenças inflamatórias da pele. Os compostos químicos encontrados na camomila são anti-inflamatórios, antibacterianos e fungicidas. Ele relata que vários governos europeus aprovaram a camomila para o tratamento de doenças inflamatórias da pele. Duke salienta no entanto que pessoas com febre dos fenos e outras alergias sazonais devem usar a erva com cautela, pois poderá desencadear reacções alérgicas.

 

Como sempre recomendamos que verifique sempre junto do seu médico antes de começar qualquer regime de auto-tratamento com remédios caseiros como estes ou quaisquer outros.

Deixe o seu comentário