O equívoco dos produtos light

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

O pânico de ganhar peso assusta cada vez mais pessoas, e faz com que se retire da dieta alimentos habituais que faziam parte dela. Por isto, e para suprimir as novas necessidades de produtos light, são cada vez mais os fabricantes que lançam no mercado alimentos que se considera serem baixos em calorias. São os conhecidos produtos light, mas é preciso ter algum cuidado, pois poderá haver consequências de que não se estaria à espera, sendo esta a situação para a qual queremos alertar.

Antes de mais, o que nos fica em mente é que os produtos considerados light são melhores porque ajudam a manter o peso e evitam desta forma a ingestão excessiva de gorduras e açúcares refinados. No entanto, isso não poderia estar mais distante da realidade, pois este tipo de produto nem sempre é o que parece, já que para se conseguir obter o sabor adequado que imita o alimento real, é necessário usar outras substâncias que não fazem assim tanto bem ao organismo.

alimentos light

Alimentos sem açúcar

Em primeiro lugar vamos saber mais sobre os alimentos que eliminam os açúcares da sua composição. Estes foram pensados originariamente para as pessoas com diabetes, mas excluindo a parte de eliminar os açúcares, os restantes ingredientes continuam a ser os mesmos, pelo que os níveis de gordura e demais ingredientes foram mantidos exactamente iguais e provocando os mesmos efeitos no organismo.

Quando se pensa em substituir os açúcares naturais por outro tipo de produto (artificial) normalmente utiliza-se os edulcorantes. Este tipo de produto pode ter uma serie de efeitos negativos no organismo quando se faz um uso continuado deles, já que têm um efeito acumulativo que a longo prazo poderá gerar no organismo uma serie de falhas. A isto ainda há que ter em consideração que alguns deles são considerados como sendo potencialmente cancerígenos.

 

Alimentos baixos em gorduras

Noutros casos existem os alimentos sem gordura. São conhecidos como alimentos magros ou baixos em gorduras. Isto não quer dizer que estes alimentos não tenham calorias. Muitos alimentos sem gorduras são isso mesmo, baixos em gorduras, no entanto para realçar o sabor são adicionado açúcares ou xaropes para melhorar a textura, o que faz com que aumente o número de calorias devido a estas substâncias.

É muito importante ter isto em atenção, e desde logo que não se abuse deste tipo de alimentos, já que a longo prazo os efeitos no organismo poderão ser mais prejudiciais do que benéficos.

O senso comum diz-nos que tudo o que é em excesso faz mal, sendo essencial para uma boa saúde ter uma dieta rica e variada.

loading...

Deixe o seu comentário