Os desportos mais extremos

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

desportos extremos

Há imensos desportos que podemos praticar, alguns são específicos de determinados lugares do mundo, mas quase todos podem ser levados a cabo em qualquer país. Há desportos mais tranquilos, de intensidade média e os extremos. Estes últimos são para quem gosta de sentir a adrenalina a correr nas veias. Se procura emoções fortes, então esta lista de desportos extremos talvez tenha algumas boas dicas para si. Aproveite e viva experiências incríveis!

 

Pára-quedismo

O pára-quedismo tem as suas origens nas práticas militares e basicamente é saltar para o vazio com um paraquedas que se abre depois de algum tempo em queda livre, deixando o paraquedista a flutuar pelos ares até poder aterrar em algum sítio. Se é novato, o melhor é começar por saltos de tandem, ou seja, ligado a outra pessoa com mais experiência.

 

Parapente

Apareceu em França e tem semelhanças com o pára-quedismo. O parapente (paraglider em inglês) é semelhante a um paraquedas pois também tem uma estrutura flexível e o utilizador está suspenso. O voo de parapente é uma modalidade de voo livre que pode ser praticado tanto para recreação quanto para competição onde é considerado desporto radical. Enquanto o paraquedista se limita passivamente a diminuir os riscos de uma aterragem violenta, o parapentista tem um voo dinâmico, onde o piloto pode controlar a sua direcção e, em circunstâncias favoráveis de correntes de ar ascendentes, a sua descida, podendo manter-se a voar por períodos longos.

 

Rafting

O Rafting consiste na descida de um rio de águas bravas dentro de um barco pneumático. É um desporto de equipa onde todos têm como objectivo orientar um barco em águas tumultuosas. Em Portugal existem alguns rios excelentes para a prática de águas bravas, com rápidos cheios de adrenalina alternando com troços calmos e relaxantes para desfrutar da natureza e preparar o próximo rápido.

 

Alpinismo

O termo “montanhismo” é utilizado para designar a actividade que consiste na escalada/ascensão de montanhas. O acto de subir montanhas remonta às origens do Homem mas é usual considerar que o montanhismo começa a ser praticado com as primeiras ascensões sistemáticas nos Alpes (séc. XVIII) confundindo-se com a própria origem do alpinismo. Apesar dos termos montanhismo e alpinismo, na verdade, significarem exactamente o mesmo, podemos considerar que esses termos se referem a actividades com motivações semelhantes mas praticadas em ambientes algo distintos. Desta forma, considerar-se-á que o montanhismo se pratica em meios de baixa e média montanha e que o alpinismo se restringe a regiões de alta montanha. Para sermos mais exactos, podemos referir que o alpinismo se pratica em ambientes que exijam aclimatação (portanto em alta montanha) e/ou onde existam glaciares (em alta montanha ou em altas latitudes). A actividade de escalar e/ou ascender altas montanhas ou efectuar travessias em áreas de alta montanha (ou altas latitudes) é, no contexto explanado, frequentemente designada por “alpinismo”.

 

Surf

O surf é um desporto aquático que consiste em deslizar sobre as ondas do mar com uma prancha, efectuando, simultaneamente, diversas manobras com diferentes graus de dificuldade.

Este desporto, que é muito popular em todo o mundo, pratica-se em pranchas que, em média, pesam entre 3 a 7 kg (existem outras mais e menos pesadas, mas a tendência do mercado é fabricá-las cada vez mais leves) e medem entre 1,6 a 3,7 metros (5’3” a 12′) . As pranchas são ligeiramente côncavas, dotadas de uma espécie de barbatana que funciona como estabilizador e podem atingir velocidades na ordem dos 55 quilómetros por hora.

Os surfistas deitam-se na prancha e com os braços dão impulso para ganhar velocidade. A determinada altura colocam-se em pé em cima da prancha e deslizam sobre o mar, na crista das ondas, enquanto efectuam manobras. É possível surfar com onda de apenas trinta centímetros de altura, mas quanto maiores forem mais velocidade se ganha.

 

Bungee jumping

O bungee jumping consiste em saltar de uma base alta preso por uma corda elástica. Normalmente a corda é amarrada aos tornozelos, mas também pode ser amarrada à cintura. Os saltos são normalmente feitos a uma altura de 40 a 60 metros, a partir de uma base fixa como um guindaste ou uma torre montada para o efeito. Os saltos a partir de pontes e torres são proibidos, salvo autorização.

loading...

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...