Nomofobia, medo irracional de sair de casa sem telemóvel

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

telemoveis

Não há duvida que a tecnologia avança a passos largos. No entanto, à medida que evolui, também aparecem novas doenças e fobias relacionadas com ela. Hoje vamos falar de uma delas: a nomofobia. Ultimamente, não andar com o telemóvel é muito complicado para muitas pessoas.

Para além de nos permitir comunicar com o resto do mundo, é ainda uma forma de entretenimento e diversão que nos permite conectar com qualquer rede social ou cantinho na Internet. Para além de tudo isso é usado por muitos como ferramenta de trabalho. Hoje em dia, a maioria das pessoas não utiliza o telemóvel quando é verdadeiramente útil, nem sequer pode prescindir dele sem que isso lhes provoque algum tipo de alteração.

A nomofobia é o medo irracional de não andar com o telemóvel. A maioria das pessoas se sair para a rua sem telemóvel irá notar alguma instabilidade, agressividade e dificuldade de concentração. O termo nomofobia provém da expressão inglesa “no-mobile-phone phobia“. Segundo os últimos estudos, cerca de 66% da população britânica sofre deste distúrbio e 41% tem mesmo dois telemóveis. Há 4 anos, outros inquéritos indicavam que 53% dos utilizadores de telemóveis padeciam deste problema.

Supõe-se que esta patologia afecta mais os homens do que as mulheres. A percentagem entre as mulheres com problemas de ansiedade por ter pouca bateria ou falta de cobertura era de 48%, enquanto este valor ascendia aos 58% entre os homens.

Poucos são capazes de reconhecer que se deixassem o telemóvel em casa rapidamente voltariam para o buscar, enquanto a mesma situação dificilmente aconteceria com outros objectos, como a carteira ou as chaves. O mesmo acontece quando se está a acabar a bateria: a maioria acredita que irá receber uma chamada importante assim que ficar sem bateria.

E o que dizer do medo aterrador que muitos têm de perder o seu telemóvel?

Será que você também sofre de nomofobia?

loading...

Deixe o seu comentário