Melatonina – Conheça os seus benefícios e efeitos secundários

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

hormona sonoHá cada vez mais pessoas com dificuldade em dormir devido ao estresse e ansiedade relacionados com a vida moderna, pelo que é cada vez mais normal recorrer a uma série de medicamentos para ajudar a dormir as 8 horas que todos precisamos de descanso e podermos enfrentar o dia seguinte sem grandes problemas.

A melatonina é um dos suplementos para dormir que está mais na moda actualmente e são muitas as pessoas que recorrem à mesma para poderem dormir o maior número de horas possível. Trata-se de um suplemento que tem uma série de benefícios para o organismo, embora, tal como costuma suceder com a maior parte dos medicamentos, também pode ter uma série de efeitos secundários em quem a toma de forma habitual.

 

O que é a melatonina?

A melatonina é uma hormona que serve para regular o ciclo natural de vigília e sono. Sem dúvida que se trata da propriedade mais importante desta hormona porque ajuda o corpo a seguir o seu ciclo vital, ajudando-o biologicamente a funcionar de forma perfeita e sem problemas.

A finalidade da melatonina é simplesmente ajudar a descansar o melhor possível e a evitar os problemas relacionados com insónias, algo tão típico na sociedade actual.

Outro dos benefícios relacionados com o consumo de melatonina que mais se destaca é o facto de ajudar a controlar o envelhecimento e o ritmo cardíaco.

Apesar de tudo isto, este suplemento para ajudar a dormir pode ter uma série de efeitos secundários na saúde de que vou falar de seguida.

melatonina

Efeitos secundários da melatonina

O principal efeito secundário da melatonina é provocar muito sono, pelo que é boa ideia consultar um especialista que possa ajudar a descobrir qual é a dose certa e recomendável.

O consumo de melatonina pode provocar efeitos secundários mais ligeiros, como por exemplo dores de cabeça, algum cansaço e obviamente sonolência quando se ultrapassa a dose recomendada.

O caso da sonolência é absolutamente normal porque se tomar mais quantidade do que seria suposto, a mente e o corpo acabam por querer dormir mais tempo do que a pessoa precisa efectivamente. É por isso que é essencial recorrer a um especialista antes de começar a tomar melatonina por conta própria.

No caso da dor de cabeça, a mesma está relacionada com o facto de dormir mais horas.

O facto de estar mais cansado e com pouca energia deve-se ao aumento de melatonina no sangue abrandar o ritmo cardíaco, o que faz com que a pessoa fique demasiado relaxada.

Como podemos ver, apesar de tudo são efeitos secundários muito leves e sem grande importância. No entanto, estes efeitos desaparecem quando é tomada a dose certa e justa para poder dormir o melhor possível.

Se é uma pessoa que tem problemas para conseguir dormir, quer seja devido ao estresse ou à ansiedade, então pode optar por tomar melatonina para conseguir descansar as horas necessárias. Mas é preciso saber que não deve tomar este suplemento por conta própria e que deve recorrer ao seu médico para que lhe recomende a dose certa que deve tomar para combater as insónias.

loading...

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.