Gordura feminina

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

Gordura feminina. Infelizmente a obesidade feminina é um problema cada vez mais comum na nossa sociedade cada vez mais sedentária. As suas consequências são visíveis não só através de problemas físicos e de saúde, mas também a nível psicológico e de auto-estima. Diversas doenças afectam também em maior percentagem pessoas obesas.

Como todas as mulheres sabem, emagrecer não é um processo fácil e exige esforço e muita determinação, bem como sacrifícios e cortes na alimentação diária. Para mulheres que atingiram um peso já elevado a recuperação é ainda mais difícil.

Por todas estas razões o melhor remédio é mesmo a prevenção e existem diversos conselhos que pode seguir para garantir que não terá que passar por nenhuma dieta mais agressiva. Para além de manter a silhueta, a sua saúde também agradecerá, pois o peso e a saúde andam de mãos dadas.

 

Adopte bons hábitos alimentares

A maioria dos problemas com o excesso de peso ou com o aparecimento de gordura em certas partes do corpo deve-se a uma má alimentação. Comer fast-food regularmente, como pizas, hambúrgueres, refrigerantes, gelados, etc. é a forma mais fácil e mais rápida de ganhar uns quilos a mais, e evitar estas refeições é uma questão apenas de força de vontade. Dietas muito ricas em gordura, sal e açúcar também devem ser alteradas.

 

gordura
Sedentarismo e falta de exercício

É por vezes complicado na nossa sociedade cada vez mais sedentária encontrar tempo para fazer exercício ou encarar uma actividade desportiva de forma séria e permanente, mas a ligação entre falta de exercício e aumento de peso estão fortemente relacionados. Tente encontrar uma actividade física ou praticar um desporto, nem que seja só ao fim-de-semana ou algumas horas por semana. Procure por algo de que goste ou que possa fazer na companhia de amigas ou familiares. Desta forma poderá transformar o exercício físico em lazer e não encará-lo como uma obrigação.

 

Atenção aos factores hereditários

A obesidade nem sempre se deve a maus hábitos ou descuidos. Por vezes factores genéticos hereditários podem ser a causa do excesso de peso. Por exemplo, pessoas com historial familiar de diabetes correm mais riscos de sofrer desta doença e com isso ter problemas de obesidade no futuro. Estas situações hereditárias podem ser previstas e a dieta da pessoa deve ser adaptada desde cedo para lidar com a situação da melhor forma possível.

 

Efeitos secundários de outros problemas

O aumento de peso também se pode dever por vezes a outras doenças, como diabetes ou hipertiroidismo. Nestes casos é muito fácil a mulher ganhar peso muito rapidamente, mas com a ajuda de uma dietista ou do seu médico, é possível encontrar uma dieta que se adapte às suas necessidades.

A necessidade de comer demais e comer muitos doces deve-se também por vezes a factores psicológicos, como o stress ou a ansiedade, principalmente em raparigas mais novas. Se notar isso em si própria ou em alguém que lhe é próximo, deve procurar ou aconselhar ajuda psicológica. Por vezes são problemas facilmente ultrapassáveis e que evitam não só o ganho de peso como outras consequências negativas.

loading...

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...