Fungos no couro cabeludo ou tinha do couro cabeludo

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

Já alguma vez sofreu devido a alguma infecção com fungos? Já ouviu falar de tinha do couro cabeludo? Embora o surgimento de fungos seja mais usual nos pés, a verdade é que podem aparecer em diferentes partes do corpo, como por exemplo no couro cabeludo.

As infecções por fungos no couro cabeludo são provocadas na maioria por fungos do grupo dos dermatófitos, que apenas colonizam estruturas com queratina, ou seja, epiderme, cabelo e unhas. Nestes casos é denominada de tinha do couro cabeludo. O seu meio natural é na pele e nos pêlos do homem e de animais, bem como no chão rico em tais desperdícios, a partir de onde podem contagiar os seres humanos e os animais.

tinha do couro cabeludo

Risco de contágio

O grupo de pessoas com maiores riscos de vir a contrair esta infecção são as crianças, sobretudo as crianças recém-nascidas até à idade escolar, havendo uma grande tendência para se propagar a outras crianças. Apesar disso, na maior parte dos casos a transmissão é realizada através dos animais. Por outro lado, é uma infecção relativamente rara em adultos.

 

Sintomas de tinha do couro cabeludo

Os sintomas de tinha do couro cabeludo são a perda de cabelo em áreas circulares, lesões arredondadas e bem delimitadas com a pele vermelha e inchada e com um grau de descamação variável, áreas com cabelo cortado rente do couro cabeludo e que se desprende facilmente ao ser puxado, aparecimento de zonas de couro cabeludo avermelhadas com formação de pontos com pus e posterior aparecimento de crostas amareladas. Algumas das lesões podem também ser infectadas por bactérias e existe ainda possibilidade das lesões se expandirem à cara e ao resto do corpo. Nalguns casos os gânglios linfáticos do pescoço ou da nuca podem ainda ficar inflamados e doridos. Para além disso podem ainda surgir outros sintomas como febre, dores de cabeça ou vómitos.

 

Tratamento

Para evitar o aparecimento de fungos no couro cabeludo é essencial evitar o contacto com animais que apresentem sinais de infecção. Mas se for contagiado, então o tratamento deverá ser feito através de um fármaco tomado pela via oral, devido à necessidade do medicamento penetrar no folículo. É por essa razão que os tratamentos realizados unicamente à base de cremes aplicados na pele são ineficazes. Por vezes poderá mesmo vir a ser necessário realizar um tratamento com corticosteróides, ou com antibióticos e corticosteróides simultaneamente.

loading...

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.