O exercício é o melhor remédio contra 26 doenças diferentes

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

exercício é o melhor remédio

Todos sabemos que a prática regular de exercício físico traz grandes benefícios para a saúde do organismo. Recentemente os cientistas conferiram os resultados de diversos estudos e confirmaram realmente que o exercício é o melhor remédio contra 26 doenças diferentes.

Foram seleccionados diferentes estudos e ensaios clínicos, tendo-se verificado que o exercício pode ser o tratamento primário para muitas doenças crónicas. Sabe-se mesmo que o exercício físico é tão eficaz como a medicina tradicional, e por vezes até mais eficiente e com menos efeitos secundários.

Mas vamos lá saber quais são as 26 doenças, cujo tratamento pode ser o exercício físico (adequando a actividade físicas a cada uma delas):

  • Doenças psiquiátricas: depressão, ansiedade, stress e esquizofrenia.
  • Doenças neurológicas: demência, Doença de Parkinson e esclerose múltipla.
  • Doenças metabólicas: adiposidade, dislipidemias, síndrome metabólico, síndrome do ovário policístico, diabetes tipo 1 e diabetes tipo 2.
  • Doenças cardiovasculares: hipertensão, doenças coronárias, Acidente Vascular Cerebral, insuficiência cardíaca e claudicação intermitente.
  • Doenças pulmonares: EPOC, Asma e Fibrose Cística.
  • Doenças músculo-esqueléticas: osteoporose, artrose, dor de costas e artrite reumatóide.
  • Cancro.

prevenção do cancro

Com estes estudos, não só se comprovou que o exercício físico é o melhor remédio para tratar estas 26 doenças crónicas, como ainda foi definido um resumo do mecanismo de acção da actividade e do tipo de treinamento adequado para cada uma delas.

Trata-se de uma meta-análise abrangente que nos mostra uma vez mais que o exercício físico não só ajuda a prevenir, como ainda ajuda a tratar diferentes doenças de forma eficiente, com menos efeitos secundários e com mais efeitos colaterais benéficos.

Por tudo isto, se ainda não tinha razões suficientes para praticar exercício com regularidade, então com estes estudos já não há desculpa. O que espera para começar a fazer exercício físico com regularidade? Comece já…

 

Via | Scandinavian Journal of Medicine & Science in Sports, Volume 25, Issue Supplement S3, pages 1–72, December 2015

loading...

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...