Tipos de esquizofrenia e sintomas

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

esquizofrenia

De uma forma geral diz-se uma pessoa sofre de esquizofrenia quando não sabe diferenciar claramente o que é real do que não existe, costumando confundir ambos na sua vida diária. É por isso que não actua de forma correcta perante diferentes situações sociais onde deveria interagir de forma habitual.

Os sintomas mais comuns e claros de esquizofrenia são os seguintes:

  • Costumam ver alucinações no dia-a-dia e imaginar coisas que não existem na realidade.
  • Quando falam e se expressam, usam um tipo de linguagem um bocado incoerente e sem sentido.
  • Mostram apatia em relação a tudo o que os rodeia.
  • Não mostram interesse em comunicar com as outras pessoas e sentem-se cómodos quando estão sozinhos.
  • Costumam ter uma capacidade intelectual diminuída e abaixo da média.
  • Não mostram afectividade em relação ao meio social onde estão inseridos.
  • Há uma perda de capacidades do tipo social bastante grande.
  • Falta de higiene no dia-a-dia devido à citada apatia que mostram diariamente.

 

Esquizofrenia paranóide

Quem padece deste tipo de esquizofrenia costuma ter ideias delirantes e alucinações auditivas, mas costuma conservar as suas capacidades mentais e afectivas em bom estado.

Em relação aos sintomas mais evidentes deste tipo de esquizofrenia, costumam ser os seguintes:

  • Falsas convicções que não se adequam à realidade.
  • São pessoas que se irritam facilmente e frequentemente.
  • Costumam ter bastantes ataques de ansiedade e de stress, o que lhes traz problemas contínuos.
  • Têm alucinações do tipo auditivo de forma habitual e constante.

Esquizofrenia paranoide

Esquizofrenia desorganizada

Um segundo tipo de esquizofrenia diferente da paranóide é a desorganizada. Neste caso, como o nome indica, existe alguma desorganização no que diz respeito ao comportamento e linguagem do individuo.

Os sintomas mais evidentes são:

  • Linguagem e comportamento desorganizado e alterações nas emoções bastante marcadas.
  • Costumam mostrar um comportamento infantil e inapropriado à sua idade real.
  • São pessoas que têm graves problemas em expressar-se.
  • Não mostram afectividade para com as outras pessoas que fazem parte das suas relações sociais.

 

Esquizofrenia catatónica

Outro tipo de esquizofrenia é a catatónica onde a pessoa em questão padece de algumas alterações no aparelho psicomotriz.

Em relação aos sintomas mais evidentes, há a destacar os seguintes:

  • Comportamento passivo no aparelho psicomotor mostrando uma total imobilidade física e completamente alheios ao mundo que os rodeia.
  • Também podem ter um comportamento agitado e mover-se continuamente sem nenhum propósito.
  • Repetição dos movimentos de outra pessoa.
  • Negam-se rotundamente a fazer qualquer coisa, ou então fazem precisamente o contrário do que lhes é ordenado.

 

Se a pessoa padecer de um tipo de esquizofrenia que não apresente as características anteriormente descritas, diz-se que sofre uma esquizofrenia indiferenciada.

Espero ter esclarecido os diferentes graus de esquizofrenia existentes e os respectivos sintomas.

É importante recordar, no caso de conhecer alguém que possa padecer de alguns dos sintomas referidos anteriormente, que deve ir o mais rápido possível a um médico especialista que possa avaliar esses sintomas e verificar se a pessoa tem este problema de saúde.

Apesar do que a maior parte das pessoas pensa, se for feito um tratamento adequado, quem padece de esquizofrenia pode levar uma vida praticamente normal e com poucas limitações.

loading...

Deixe o seu comentário