Dieta Inteligente

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

dietas

Quantas vezes não começou já uma dieta só para ao fim de poucas semanas desistir devido aos sacrifícios exigidos, que são por norma demasiados? Se não consegue seguir uma dieta muito agressiva de forma eficaz, existem algumas estratégias que pode seguir para a tornar a sua dieta mais inteligente e obter melhores resultados sem grandes sacrifícios.

Faça mais refeições, não menos

Quando você não toma pequeno-almoço ou lanche, ou se não come qualquer coisa a meio da manhã, é normal que a refeição seguinte seja mais larga e que ocorram alguns exageros. Estas refeições maiores colocam um stress maior sobre o sistema digestivo, ou seja, este necessita de mais energia para digerir a refeição. É por isto que depois de grandes refeições nos sentimos mais ensonadas, pois o nosso corpo está a direccionar a energia para o processo digestivo. Se evitar estas refeições maiores terá mais energia no seu dia-a-dia o que a motivará a continuar a dieta.

Tenha água sempre consigo

Uma dieta inteligente necessita sempre de estar aliada ao consumo de água, seja qual for a sua estratégia para perder peso. A água ajuda a evitar o sentimento de falta de energia causada pela dieta. Isto porque a água desempenha diversos papéis no nosso organismo, nomeadamente regular a temperatura do corpo, remover desperdícios, transportar nutrientes até às células e proteger os órgãos. Na dieta inteligente a água também ajuda a evitar o sentimento de fome que por vezes se deve apenas à desidratação do corpo. Se beber um copo de água antes de cada refeição também comerá menos sem se sentir com fome.

Ponha-se a mexer

O exercício físico é importante para qualquer dieta. O problema é que para a maioria das pessoas este torna-se rapidamente uma responsabilidade, um sacrifício, em vez de ser algo feito com naturalidade. Isto leva a uma desmotivação precoce e faz com que muitas mulheres desistam. Como dar a volta a isto? A única solução é substituir o exercício físico em ginásios por actividades ao ar livre com amigas e familiares: um passeio pelo parque, andar de bicicleta, jogar frisbee, etc. Qualquer coisa que a faça mexer e faça circular o oxigénio pelos pulmões será eficaz. O músculo é sempre substituído por gordura, daí a importância de se manter activa.

O sono e os níveis de stress

O sono é um elemento crítico no sucesso da sua dieta inteligente, pois é nesta altura que o seu corpo recarrega a energia. Pouco sono faz com que ande mais cansada e evite a actividade física. O cansaço também ofusca o julgamento na hora de decidir não comer algo com mais açúcar ou calorias.

Também altos níveis de stress podem prejudicar a sua dieta. Quando estes níveis são altos, o corpo liberta uma hormona chamada cortisol, o que pode encorajar as células gordas a acumularem-se na área do abdómen como parte da resposta ao stress. Lembre-se por isso de reservar tempo para si e para as coisas que gosta de fazer. A parte psicológica de uma dieta também é importante.

loading...

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...