Dieta certa para acabar com a diarreia

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

acabar com a diarreia

As mudanças de temperatura bruscas que sofremos nesta época do ano têm como consequência uma série de problemas no organismo. Catarros, gripes e resfriados estão na ordem do dia nesta época do ano. Hoje queremos nos deter um pouco perante um problema derivado destas mudanças bruscas de temperatura, a diarreia. A diarreia pode ser de origem virica ou bacteriana, mas em ambos os casos trata-se de um problema que afecta todo o aparelho digestivo e para o qual devemos tomar uma série de medidas quando nos alimentamos.

Como quase todos sabemos, a dieta a seguir quando estamos afectados pela diarreia deve ser uma dieta à base de alimentos moles, que ajude a recuperar a flora intestinal e a voltar à normalidade. Mas apesar de tudo, muita pessoas não sabem que tipo de alimentação devem seguir nem os alimentos indicados para cada uma das fases da diarreia. Hoje, queremos fazer um pequeno apanhado e recomendar o tipo de alimentação adequada para recuperar o quanto antes, de forma a não ficar desidratado nem desnutrido.

Os primeiros momentos de uma diarreia são os mais críticos. A perda de líquidos é muito alta e a tolerância aos alimentos muito baixa, por isso é necessário saber manter uma hidratação adequada mediante a reposição de líquidos e sais minerais. Para o efeito, o que iremos fazer é uma dieta absoluta em que simplesmente iremos ingerir um soro preparado por nós à base de água, sumo de limão, açúcar, sal e bicarbonato. Este soro evitará que fiquemos desidratados e estabilizará em grande parte o nosso aparelho digestivo.

A fase seguinte será voltar a tomar contacto com os alimentos, onde começaremos a comer pequenas quantidades de alimentos suaves e fáceis de digerir. Não se esqueça de continuar a tomar o soro, acompanhado com arroz fervido, que pode ser preparado simples ou com cenoura cozida sem pele. A sêmola e as sopas suaves de cereais refinados são outra alternativa para começar a alimentar-se normalmente. É importante comer poucas quantidades e habitualmente. Nunca se deve forçar o aparelho digestivo nesta fase, e se apetecer comer mais, deve parar e voltar a comer algum tempo depois.

Quando notar que a diarreia começa a desaparecer e as idas à casa de banho menos frequentes já poderá começar a terceira fase, que é a da transição para a alimentação habitual. Ao arroz fervido da fase anterior pode-se acrescentar frango ou peixe cozidos, e algum pão branco. Passado um dia já se poderá introduzir outra série de alimentos como os iogurtes, as verduras cozidas ou mesmo até bolachas torradas sem nenhum acompanhamento.

É importante ter tudo isto em conta e evitar comer alimentos ricos em fibras que irão aumentar as idas à casa de banho, assim como as gorduras ou fritos que irritam a mucosa digestiva e pioram o nosso estado, tornando mais lenta a recuperação.

loading...

4 Comentários

  1. ana
  2. Sara Dias
  3. FERNANDO

Deixe o seu comentário