Desporto e felicidade

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

desporto

O desporto é a melhor terapia. E se mais pessoas conhecessem o segredo que lhe revelamos hoje em Rica Saúde, muitos psicólogos teriam de fechar o seu consultório…

Porque a relação entre o desporto e a felicidade não é nenhuma utopia mas uma verdadeira realidade. E como é que o exercício físico influencia a nossa felicidade? Os especialistas respondem a esta pergunta, e aparentemente a chave de tudo estará nas endorfinas.

 

Mais felicidade, mais prazer e menos dor

Inúmeros estudos já demonstraram que praticar desporto habitualmente faz com que o corpo segregue endorfinas. Neurotransmissores que estão relacionados com o prazer, a felicidade, a euforia e até mesmo com o alívio da dor. Portanto, o desporto faz com que nos sintamos mais animados e com mais energia.

Mas também é muito bom para nos mantermos em forma, perder peso e até mesmo para eliminar o stress e as preocupações da vida. Seguramente que você já ouviu falar centenas de vezes sobre os benefícios da prática do desporto, tanto a nível físico como psicológico.

Depois de fazer qualquer actividade física, sentimo-nos relaxados, satisfeitos e estranhamente felizes. Estas sensações que são fruto de um processo químico, onde intervêm as famosas endorfinas. Uma explicação muito mais simples do que se poderia pensar.

felicidade

O segredo? As endorfinas

Acontece que o desporto estimula uma glândula do cérebro que é responsável pela libertação de endorfinas no organismo. Já todos ouvimos falar sobre endorfinas, mas será que conhece alguns dos seus benefícios? Diversos estudos científicos demonstraram que as endorfinas ajudam a acalmar a dor, aumentar o prazer e até mesmo a fortalecer o sistema imunitário.

Se nos lê habitualmente, talvez se lembre de aqui termos falado sobre os benefícios do riso para combater a dor. O psicólogo do Departamento da dor e Medicina Psicossomática de uma clínica na Suíça, Roberto Brioschi, demostrou num estudo que as terapias baseadas no humor têm um efeito muito positivo na saúde dos pacientes.

E isto porquê? Porque o riso, tal como sucede no desporto, estimula a segregação de endorfinas. De novo, as grandes protagonistas. Assim, se o riso e a felicidade são grandes aliados para combater algumas doenças crónicas, o desporto também o deverá ser. Não lhe parece?

Mas não é apenas felicidade, o desporto também é uma excelente terapia contra a depressão, a solidão e até mesmo para melhorar a auto-estima. Uma actividade que podemos realizar em qualquer momento da nossa vida, sempre que o exercício físico se adapte à nossa condição física e idade.

desporto

Qual o melhor tipo de desporto?

A resposta a esta pergunta depende de cada pessoa. Futebol, basquetebol, atletismo, ioga, ténis… Qualquer actividade física pode ser boa, mas a natação é de longe o desporto mais completo que podemos praticar.

Neste sentido, a idade e a condição física determinarão o tipo de actividade mais adequado para cada um de nós. Por exemplo, os desportos mais suaves e com menor impacto nas articulações são a natação, o tai-chi e o ioga. Estas são actividades altamente recomendáveis para os mais idosos.

Assim que encontrar o desporto mais adequado à sua condição física e resistência, pode começar-se a preparar para desfrutar dos grandes benefícios, tanto em relação à saúde física como psicológica.

E a verdade é que o exercício físico é uma terapia muito mais saudável e barata do que qualquer tratamento psicológico. Uma parte muito importante das nossas vidas e que podemos praticar em espaços interiores, com amigos, ao ar livre, sozinhos, etc. O desporto é vida, bem-estar e saúde, numa palavra: felicidade!

Tenha uma vida mais saudável praticando o desporto mais adequado para si, de forma progressiva, e não se esqueça nos contar a sua experiência.

loading...

Deixe o seu comentário