Desintoxicação do figado: Alguns conselhos

| Outubro 17, 2011 | 4 Comentários

saude

Para a desintoxicação do figado podem ser seguidos vários caminhos, um dos que devemos ter em conta é a dieta depurativa, que pode ajudar a eliminar as toxinas.

 

Definição de desintoxicação do figado

O fígado tem inúmeras funções, algumas das quais são depurar toxinas, fabricar bílis, facilitar a digestão de gorduras, eliminar e produzir hormonas, ajudar a absorver algumas vitaminas, armazenar glicogénio, etc. É por isso que é extremamente importante manter este órgão o mais saudável possível, sendo conveniente de vez em quando fazer uma cura de depuração ou desintoxicação do fígado.

 

Interpretação emocional de desintoxicação do figado

É a necessidade de limpar coisas da nossa vida que não nos deixam avançar (manias, maus hábitos, obsessões, pensamento negativos, etc).

 

Emoção positiva para a desintoxicação do figado

A partir de agora sou outra pessoa. Sou uma nova pessoa. Para trás fica o velho, o negativo e tudo aquilo que limita a minha vida.

 

Fitoterapia para a desintoxicação do figado

O Cardo Mariano, as folhas de Alcachofra, o Dente de Leão, o Boldo, a Menta e a Sálvia são exemplos de plantas que favorecem o bom funcionamento do fígado e que são muito úteis para a sua depuração.

 

Nutrição para a desintoxicação do figado

Para a desintoxicação do fígado, o melhor caminho será através do jejum ou das dietas depurativas. O jejum deve ser realizado sob a supervisão de um especialista de saúde e apenas consiste em ingerir unicamente água durante um certo número de dias, consoante o caso.

As dietas depurativas podem consistir em excluir da dieta diária e durante o tempo que dure a desintoxicação do fígado, alimentos como a carne, o peixe, os produtos lácteos, o café, tabaco, excitantes e qualquer tipo de alimento refinado.

As monodietas à base de frutas, sumos e caldos de legumes também são uma boa ajuda e são mais suaves do que o jejum.

Dentro das frutas destacaríamos as maçãs, as cerejas, os morangos, as uvas e as nêsperas.

Entre os vegetais, as alcachofras, a beterraba branca, a cebola, escarolas e rabanetes são algumas que merecem também destaque.

Um remédio muito eficaz para a desintoxicação do fígado, consiste em tomar, em jejum, uma colher de sopa de azeite de oliveira extra virgem com um bocado de limão. Se mantivermos esta mistura na boca durante um minuto conseguiremos, que ao misturar-se com a saliva, que o nosso corpo a absorva muito melhor e também que nos sintamos melhor.

As algas marinhas são sempre um aliado de primeira linha já que tendem a captar os tóxicos e favorecem a sua eliminação do nosso corpo. Tornam mais alcalino o PH do sangue, já que nas depurações há uma tendência a se tornar mais ácido. A Kombu e a Espirulina são das mais eficazes e também das mais fáceis de encontrar.

 

A nível externo para a desintoxicação do figado

As folhas de couve esmagadas e colocadas sobre a zona do fígado (podemos cobri-las e fixar com uma pano e gaze) ajudam a desinflamá-lo.

Segundo a cromoterapia, se vestir roupas de cor verde também poderá ajudar.

 

Outros conselhos para a desintoxicação do figado

O enxofre, em forma de oligoelemento, é um excelente depurativo hepático.

A vitamina C, tal como o enxofre, actua como um antioxidante ajudando desta forma a combater os radicais livres, fonte de muitos desequilíbrios no nosso corpo.

A S-adenosilmetionina (SAM), a Glutamina, a Colina, a superóxido dismutase, o Ácido alfa lipóico e a N-acetilcisteína também são toda uma gama de nutrientes que podem contribuir para a desintoxicação do fígado (o médico ou especialista poderá dizer quais as doses e quantidades mais adequadas).

Para depurar o fígado temos de escolher uma altura em que tenhamos férias ou menos trabalho, uma vez que o descanso e a tranquilidade são muito importantes nestes momentos.

Uma sauna ou banho de vapor irão ajudar o nosso corpo a livrar-se de toxinas. Cuidado se estiver a fazer um jejum total ou se tiver a pressão arterial muito baixa (pedir conselho ao especialista).

Beber água mineral ou engarrafada de forma abundante para que o nosso organismo expulse mais facilmente as toxinas.

Se tiver dificuldades em ir à casa de banho pode perguntar ao seu herbanário ou especialista quais as plantas mais adequadas ao nosso caso. A prisão de ventre faz com que o nosso corpo se vá intoxicando lentamente. Em muitos casos um clister ajuda a “destrancar” o organismo.

 

Factores a ter em conta para a desintoxicação do figado

Temos de ter em conta que muitas vezes ao iniciar uma cura depurativa pode aparecer o que se chama de “crise curativa”. O corpo tenta desfazer-se das toxinas e por vezes fá-lo através da febre, diarreia ou fezes abundantes e mal cheirosas, cansaço, falta de apetite, náuseas, dores de cabeça intensas, mucosidades, mau odor corporal, urina muito escura, erupções na pele, etc. (Isto não quer dizer que vamos passar por todos estes sintomas).

Nalgumas depurações mais potentes pode acontecer um fenómeno muito curioso que é a Lei de Hering, que consiste no reaparecimento de sintomas de antigas doenças mal curadas e que agora o corpo nos dá uma nova oportunidade. Assim aquela pessoa com Psoríase e que há anos foi asmática e tomou muitos medicamentos agora pode ter, momentaneamente, alguns sintomas de asma. Rapidamente irão desaparecer e é quando a sua pele pode melhorar imenso já que frequentemente o problema anterior mal curado deu origem a outro problema (como neste caso da psoríase).

Os homeopatas clássicos são os que mais trabalham nesta linha.

 

A ter em conta

Uma cura depurativa é um tema muito sério que pode trazer uma grande melhoria em relação à nossa saúde, mas que deve ser feita sempre sob a supervisão de um médico, terapeuta ou especialista que seja capaz de interpretar os sintomas da crise curativa.

 

Como sempre, recomendamos que consulte o seu médico, terapeuta ou profissional de saúde competente. A informação contida neste artigo tem uma função meramente informativa.

Tags: ,

Categoria: Saúde

Comentários (4)

Trackback URL | Feed RSS dos comentários

  1. Gostei muito da materia. diz:

    Gostei muito da materia.

  2. Rosario Galante diz:

    Gosto muito da vossa Pag: Rosario Galante

  3. José do Espírito Santo diz:

    Excelente explanação sobre “desintoxicação do fígado”. Quanto ao Cardus Marianus ou cardo mariano, é uma erva muito difícil de ser encontrada, mesmo em farmácias de manipulação.

Deixe o seu comentário

Atenção: As informações disponibilizados neste site são para conhecimento geral e não substituem de forma alguma o conselho médico apropriado em caso de sentir algum sintoma de doença, nunca devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem consultar um profissional de saúde.