Cozinha sustentável – dicas para uma alimentação mais saudável e económica

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

cozinha sustentável

Já lhe disseram que pode comer de forma mais saudável e ao mesmo tempo poupar adoptando práticas de cozinha sustentável? Como se costuma dizer, pode-se juntar o útil ao agradável, e em tempos de crise, pode poupar na sua cozinha e na sua alimentação enquanto poupa alguns euros todos os meses. As nossas dicas para cozinha sustentável centram-se em aproveitar bem os alimentos e a melhor forma de os conservar, poupando também energia no processo.

As compras e armazenamento dos alimentos

Deve organizar a sua rotina de compras de forma a comprar com menos regularidade em vez de fazer grandes compras uma vez por mês. Desta forma, para além de conseguir controlar melhor as suas despesas ao longo do mês, vai também ganhar espaço na dispensa, e mais importante que isso, vai evitar deixar expirar prazos de validade. Numa dispensa ou num frigorífico muito cheios, é fácil não reparar numa ou outra embalagem, e quando notamos já é tarde, o prazo de validade já passou e lá temos que deitar comida fora. Se comprar conforme consome, a sua gestão dos alimentos vai ser mais sustentável e esta situação não ocorrerá.

Lavagem de frutas e legumes

Quando lavar a fruta e os legumes, encha o lava-louça com água em vez de deixar a água a correr. Os alimentos ficam bem limpos na mesma e você vai poupar dezenas de litros de água por mês. A sua carteira agradece e não prejudica em nada a sua alimentação.

Cozinhe certos alimentos em maiores quantidades

Existem alimentos que não perdem valor nutricional se não forem consumidos logo na altura, por isso existem pratos que podem ser feitos em maiores quantidades. O que sobrar pode ser guardado e consumido posteriormente. Isto torna a sua cozinha mais sustentável porque gasta menos energia a aquecer pratos do que a cozinhá-los originalmente. De forma a poupar também energia eléctrica lembre-se de deixar a comida resfriar antes de a guardar no frigorífico, caso contrário este terá que gastar mais energia a arrefecê-lo.

Aproveite ao máximo o valor nutricional dos alimentos

Existem três formas principais de aproveitar os nutrientes dos alimentos de forma sustentável, especialmente dos legumes e vegetais:

  • Mantenha a panela fechada sempre que possível para que os nutrientes não se percam com a saída de vapor. As vitaminas em particular podem-se perder facilmente desta forma.

  • Aproveite a água da cozedura dos diversos alimentos para outros pratos. Existem imensas receitas de sopas que os podem aproveitar, podendo também servir de caldo para diversos pratos.

  • Descasque os alimentos de forma superficial, pois as cascas possuem imensos nutrientes que não aproveitamos. Quanto mais casca deixar, mais nutrientes estará a consumir. Para ser mais sustentável pode também aproveitar cascas de frutas para e vegetais para outras receitas.

Cultive os seus próprios alimentos

Se tiver um jardim, um quintal ou uma grande varanda, pode fazer a sua pequena horta em miniatura, não só garantindo alimentos mais frescos, mas poupando nas contas do mês. Neste caso a alimentação saudável e sustentável sairá directamente das suas mãos.

loading...

Deixe o seu comentário