Chocolate e saúde cardiovascular

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

chocolate

Na última década, diversos estudos apontaram os potenciais benefícios do chocolate em todas as áreas, incluindo mesmo a saúde cardiovascular. Os cardiologistas têm no entanto, tendência a olhar com cepticismo para os primeiros resultados, especialmente porque as actividades que beneficiam mais a nossa saúde cardiovascular costumam ser pouco atraentes, difíceis ou dolorosas, enquanto o chocolate não é nada disso, muito pelo contrário.

Após as primeiras investigações neste campo, foram sendo acumuladas muitas evidências que parecem realmente indicar que o chocolate afinal tem mesmo benefícios potenciais para a saúde do coração.

 

Evidencias de que o chocolate melhora a saúde

Diversos estudos têm demonstrado uma associação entre o consumo de chocolate e melhorias na saúde cardiovascular. São normalmente estudos baseados na observação, no entanto as suas conclusões podem ser úteis para o desenvolvimento de teorias mas não podem comprovar as relações causa-efeito.

Ainda assim, praticamente todos os estudos sobre o assunto reportaram uma associação entre o consumo de chocolate e a saúde cardiovascular. Vários desses mesmos estudos demonstraram que o consumo de chocolate está associado à diminuição da pressão sanguínea e pelo menos um deles demonstrou que as mulheres que consomem chocolate têm menores riscos de vir a sofrer problemas cardíacos

Mais recentemente, uma análise de sete estudos foi publicado no British Medican Journal, tendo mostrado que o consumo de chocolate está associado a uma redução em 39% nas doenças cardiovasculares e em 29% nos ataques cardíacos Estes resultados em si não demonstram que consumir chocolate melhore directamente a saúde, mas indicam ainda assim que existe una associação entre ambos os factos.

 

Porque é bom o chocolate?

Os investigadores consideram que são os flavonóides do chocolate a causa das melhoras cardiovasculares. Os flavonóides podem tornar mais elásticas as veias e as artérias, melhorando a sensibilidade do corpo à insulina, diminuindo a capacidade de coagulação do sangue e reduzindo a pressão arterial.

O chocolate negro contém mais flavonóides que os outros chocolates, pelo que a maioria dos estudos faz referência a este tipo de chocolate, embora análises posteriores mencionassem que o chocolate sob qualquer uma das suas formas, negro ou não e consumido em barra, bebidas ou qualquer outra forma, está associado a benefícios cardiovasculares.

 

Qual a quantidade ideal de chocolate?

A “dose” indicada de chocolate para ser benéfico a nível cardiovascular ainda não foi determinada. Os estudos que indicam existirem benefícios a nível cardiovascular no consumo de chocolate falam em quantidades entre as 100 gramas por dia e o consumo de qualquer tipo de chocolate mais do que uma vez por semana.

A maioria dos investigadores que se debruçaram sobre esta pergunta concluíram que os benefícios podem ser obtidos consumindo apenas uma porção de chocolate uma ou duas vezes por semana.

 

Qual o lado negativo do chocolate?

Pode haver várias desvantagens em adicionar chocolate à nossa dieta. Em primeiro lugar, os estudos por observação podem ser pouco exactos. Por outro lado, 100 gramas de chocolate representam cerca de 500 calorias, pelo que adicionar 100 gramas de chocolate à nossa dieta diária pode resultar num aumento de peso considerável, o que não é saudável. É ainda importante ter em conta que o chocolate processado tem muita quantidade de gorduras e hidratos de carbono.

loading...

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...