Chá verde

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

O êxito do chá verde, em todas as suas variedades, é tal que apenas a água o supera como bebida de consumo.

Embora de origem asiática, hoje em dia o chá verde cultiva-se em quase todas as regiões tropicais e subtropicais do planeta. Essa diversidade de climas e solos faz com que existam imensos tipos de chá verde, tanto em sabor como em variedades.

 

Como é feito o chá verde?

O chá verde diferencia-se do chá preto pelo facto de ser menos processado (as folhas apenas são cozidas em vapor e depois são secas) tornando-o mais suave e apresentando uma maior quantidade de antioxidantes.

 

Informação nutricional do chá verde

As folhas de chá verde contêm imensos sais minerais, especialmente vitaminas A, C, E e selénio (um bom cocktail antioxidante), vitamina B2, ácido fólico, cálcio, crómio, magnésio, manganésio, ferro, zinco, fósforo, potássio, alumínio e flúor.

Tem 2 a 4% de alcalóides dos quais os mais abundantes são a cafeína e teofilina.

3 % da sua composição são polifenóis (antioxidantes), o que lhe confere um grande efeito medicinal antioxidante.

 

Propriedades do chá verde

A sua composição em vitaminas A, C, E, selénio e a sua riqueza em polifenóis conferem-lhe um grande efeito antioxidante no combate aos radicais livres

. Por esse motivo o chá verde é um excelente aliado na luta contra o cancro e doenças degenerativas.

Favorece a eliminação do colesterol LDL (o mau colesterol) e pode aumentar os níveis de HDL (o colesterol bom). Também ajuda a combater os triglicéridos. Os pacientes que sofrem de doenças cardiovasculares também beneficiam dos efeitos do chá verde, que combate a formação de trombos e coágulos.

Numerosos estudos avaliaram que o chá verde é um bom aliado na prevenção da hipertensão. No entanto, as pessoas que já sofrem de hipertensão e que por isso são sensíveis à cafeína, deverão questionar o seu médico ou especialista sobre o seu caso particular antes de decidirem começar a beber chá verde.

A sua ajuda na eliminação de gorduras, a seu efeito suavemente diurético e regulador da insulina tornam-no num aliado muito eficaz na luta contra a obesidade.

O chá verde pode ser útil no tratamento da diabetes uma vez que diminui os níveis de glicose ao regular os níveis de insulina.

Os polifenóis do chá verde também podem ajudar quando nos bronzeamos e protegem a pele contra os danos provocados pelos raios solares.

Os antioxidantes da sua composição podem também ajudar imenso na redução dos efeitos do envelhecimento.

Por ter cafeína na sua composição tem um efeito estimulante e pode ser empregue no alivio tanto da fadiga física como mental. Pode-se usar em casos de sonolência. Algumas pessoas também notam alivio no combate a problemas de enxaquecas.

Os taninos do chá verde dão-lhe um efeito adstringente pelo que é ideal em casos de diarreia.

O seu suave efeito bronco-dilatador ajuda a aliviar os casos de asma, bronquite e enfisema.

O seu efeito antioxidante reforça o sistema imunitário, o que nos ajuda na luta contra algumas bactérias como os estafilococos e alguns vírus.

A sua composição com flúor e bioflavonóides ajuda a prevenir a aparição de cáries. Também é eficaz no tratamento da halitose.

Em caso de se ter os olhos inflamados pode-se aplicar umas bolsas com chá verde frias durante alguns minutos.

Fortalece os ossos, pois além do efeito antioxidante também tem cálcio, magnésio, flúor e fósforo.

 

O chá verde tem efeitos secundários?

Embora o chá verde tenha menos cafeína que o chá preto ou o café pode provocar insónias ou nervosismo em pessoas sensíveis à cafeína. O ideal é tomá-lo pela manhã ou ao meio dia. Obviamente não é conveniente ser bebido por crianças e pessoas a tomar algum medicamento incompatível com a cafeína.

 

Curiosidades

Embora na China já fosse conhecido à mais de três mil anos, na Europa apenas se começou a popularizar (e mesmo assim apenas em alguns países) a partir dos séculos XVII e XVIII.

O êxito do chá verde, em todas as suas variedades, é tal que apenas é superado como bebida pelo consumo de agua.

O chá preto é mais estimulante que o chá verde pois graças à sua fermentação o nosso corpo “capta” a cafeína de forma mais eficaz.

 

Este artigo é meramente informativo. Em caso de dúvida deverá sempre consultar o seu médico.

 

loading...

Deixe o seu comentário