Como é que o café actua no nosso organismo?

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

café

O nosso organismo segrega uma hormona chamada melatonina e é esta hormona que controla o ciclo dia/noite também conhecido como ciclo circadiano.

Esta hormona é responsável para que a determinada hora da noite fiquemos com sono. A concentração desta hormona começa a reduzir-se depois de umas 8 horas de sono, pelo que de uma forma geral dormimos menos do que as horas recomendadas. Assim, quando despertamos o nosso organismo não teve tempo para absorver toda a melatonina. É aqui que entra em campo a cafeína que suprime a melatonina e assim nos faz assim sentir mais despertos.

Para além de suprimir a melatonina, a cafeína substitui a adenosina nos receptores do cérebro. A adenosina é um neurotransmissor que diminui a actividade do cérebro, de forma que o faz entrar num estado de sonolência ao unir-se aos receptores dedicados. Dilata também os vasos sanguíneos para dar ao cérebro uma melhor oxigenação durante o sono. Isto significa que a adenosina é a responsável por termos vontade de dormir.

A cafeína, dado que tem uma estrutura parecida, é captada pelos receptores de adenosina que se encontram nos neurónios e impede que esta substância faça o seu trabalho. O resultado: uma actividade nervosa e um organismo sempre em alerta e estimulados.

Mas o poder da cafeína vai mais além. Para além do que referimos anteriormente, a cafeína promove uma actividade acelerada do cérebro e aumenta a produção de adrenalina, o que faz aumentar o ritmo cardíaco e faz com que o coração bata mais rápido.

Da mesma forma, a cafeína causa um prazer na pessoa que o consume e isto deve-se ao facto da mesma diminuir a reabsorção de dopamina. Ou seja, aumenta a quantidade de dopamina pois diminui a sua eliminação. Este neurotransmissor está relacionado com as áreas do cérebro relacionadas com o prazer, pelo que a ingestão de café provoca sensações agradáveis.

Foram já muitos os estudos realizados em relação aos benefícios ou danos causados pela cafeína. Apesar disso, esta é uma substância consumida a nível mundial e em grandes quantidades. É importante que as pessoas saibam como funciona o café no nosso organismo e que conheçam melhor o seu funcionamento químico.

Deixe o seu comentário