As uvas

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

uvas

As uvas são o fruto da vida. Há uma grande variedade de uvas, que se diferençam através da cor e do sabor. As uvas são cultivadas pelo ser humano desde tempos imemoriais.

 

Propriedades das uvas

As uvas utilizam-se nas dietas depurativas pela simplicidade dos seus componentes e das suas propriedades laxantes (são ricas em pectina), remineralizantes e alcalinizantes dado que têm um conteúdo de 72 % em sais minerais alcalinos.

São ideais para crianças e idosos, como acréscimo nutricional, e também para adultos que necessitem de uma boa fonte de energia.

As pessoas em convalescença podem beneficiar imenso com as suas propriedades, porque frequentemente não têm apetite e as uvas são fáceis de comer, fornecendo líquidos, energia, depurando e nutrindo.

Os diabéticos não podem comer uvas porque isso iria aumentar os niveis de glicose no sangue.

Também devem ter cuidado as pessoas com intestinos mais delicados devido ás suas propriedades laxantes.

 

Quais os benefícios das uvas?

O ácido fólico contribui para produzir glóbulos vermelhos e anticorpos. Nas mulheres grávidas, ajuda ainda a prevenir a espinha bífida e outras alterações no sistema nervoso no bebé.

A vitamina B6 ajuda a manter a função normal do cérebro, atua no metabolismo das proteínas e reforça as defesas orgânicas.

O potássio é necessário para a transmissão do impulso nervoso e à atividade muscular.

O consumo de uvas ajuda também a restabelecer os níveis deste mineral no caso de utilização de diuréticos que o eliminem, ou em pessoas que o expulsam em grandes quantidades (devido ao vómito, por exemplo). São ideais para as crianças e idosos como suporte nutricional e também para adultos que necessitem de uma boa fonte de energia.

 

Informação nutricional das uvas (por 100 g.)

·         Água 80 %

·         Açúcares, entre 13 e 24 % (consoante a variedade das uvas)

·         Calorias 84

·         Podem fornecer 11 % das necessidades diárias de ferro, 9 % de magnésio e 4 % de vitamina B1.

·         Grandes quantidades de sais minerais.

 

Cuidados a ter com a ingestão de uvas

As uvas provocam alterações no seu metabolismo. Devido à sua riqueza em açúcares, as pessoas com diabetes ou excesso de peso podem comê-las, mas controlando a sua quantidade, sem excessos. O nutricionista Miguel Rego lembra que «uma peça de fruta média (com 100 g) como a maçã, a pera ou a laranja é equivalente a 80 g de uvas, o que representa apenas 8 bagos de uvas».

Se padece de algum problema nos rins, tenha cuidado. Também não se recomenda a pacientes com cálculos renais. O seu conteúdo em ácido oxálico, juntamente com o cálcio, agrava o seu desenvolvimento. «Nestes casos, o seu consumo deve ser limitado a não mais que uma vez por semana e, em simultâneo, deve ser feita uma ingestão abundante de água, mais de 1,5 L por dia», aconselha o nutricionista.

Se tem o intestino sensível, também deve ter cuidado com a ingestão desta fruta. As uvas contêm fibra, que tem propriedades laxantes. Se abusar, poderá ter que ir mais vezes à casa de banho.

 

Curiosidades sobre as uvas

Para obter passas (uvas secas), basta pendurar cachos de uvas frescas de cabeça para baixo. Algumas boas variedades de passas são a Sultana (sem pevides), a Málaga (grande e doce) e a de Corinto (pequena e muito aromática). Mas deve saber que o nível calórico das passas é quatro vezes maior que o das uvas frescas, devido à maior concentração de açúcar.

loading...

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...