Amoras silvestres, o tesouro da floresta

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

amoras silvestres

As amoras silvestres, esses pequenos frutos que nos são oferecidos pela natureza, são um autêntico regalo para a nossa saúde dadas as suas imensas propriedades e benefícios que possuem.

As amoras são frutos que crescem num arbusto da família das Rosáceas, vulgarmente conhecido por silvas.

São originárias da Ásia e da Europa e crescem com facilidade em terrenos húmidos.

Algumas variedades podem crescer até altitudes de 1.500 metros.

Alcançam o ponto de maturação entre os meses de Agosto e Setembro (consoante o hemisfério).

Actualmente cultivam-se algumas espécies para comercialização, pelo que é possível encontrá-las nalguns mercados.

 

Como escolher e consumir as amoras silvestres

Quando compramos amoras devemo-nos fixar na cor (deve ser brilhante) e no aroma (deve ser intenso).

Se o fruto não estiver maduro não o devemos comprar porque não irá amadurecer mais.

As amoras podem ser consumidas frescas ou na forma de marmelada ou geleia, mas também podem ser usados em saladas ou acompanhamento de outros pratos.

 

Benefícios do consumo de amoras silvestres para a saúde

Incluir amoras na nossa dieta é uma boa ideia porque são muitos os benefícios que o seu consumo trás para a nossa saúde.

Devemos saber que as amoras são muito ricas em elementos antioxidantes e em vitamina C.

  • Melhoram o trânsito intestinal devido a ter fibras na sua composição.
  • Têm baixo teor calórico.
  • Têm propriedades antioxidantes e neutralizam a acção dos radicais livres.
  • As amoras estão indicadas para o combate da diarreia.
  • Reduzem os níveis de colesterol no sangue.
  • Ajudam a prevenir a arteriosclerose.
  • Ajudam a melhorar a visão e previnem a degeneração da vista.
  • Têm propriedades diuréticas.
  • Facilitam a digestão.
  • Contribuem para manter um bom estado dos nervos.
  • As amoras fortificam o sangue.
  • São boas para combater as infecções.
  • Reduzem o risco do aparecimento de doenças degenerativas.
  • Aumentam as defesas contra o frio.
  • Revitalizam a pele.

 

Informação nutricional das amoras silvestres (por 100 g.):

  • Agua: 88,1 g.
  • Calorias: 52 kcal.
  • Gordura: 0,39 g.
  • Proteínas: 0,32 g.
  • Hidratos de carbono: 12,7 g.
  • Fibras: 5,6 g.
  • Potássio. 196 mg.
  • Fósforo: 40 mg.
  • Ferro. 0,57 mg.
  • Magnésio: 20 mg.
  • Manganésio: 1,29 mg.
  • Selénio: 0,6 mg.
  • Zinco: 0,27 mg.
  • Cobre: 0,14 mg.
  • Cálcio: 32 mg.

 

Além disso, as amoras ainda contêm as seguintes vitaminas:

  • Vitamina C: 21 mg.
  • Vitamina E: 1,2 mg.
  • Vitamina A: 165 UI
  • Vitamina B1: 0,030 mg.
  • Vitamina B2: 0,40 mg.
  • Ácido fólico: 34 mg.
  • Vitamina B3: 0,40 mg.

 

Mais informações sobre as amoras silvestres

Também podemos aproveitar as folhas das amoras para ajudar a melhorar a saúde.

Ferver 30 g. de folhas de amoras num litro de agua e beber o líquido para ajudar a combater os problemas do tracto intestinal.

Também ajudam a combater as dores de cabeça quando aplicadas folhas de amora quentes sobre a testa.

loading...

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...