Anorexia alcoólica, uma doença que mistura alcoolismo e anorexia

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

Anorexia alcoólica

Já ouviu alguma vez falar de anorexia alcoólica? Até agora, este transtorno que mistura o alcoolismo e a anorexia era pouco conhecido, mas infelizmente é um fenómeno que tem vindo a crescer entre os jovens. Os afectados por este problema substituem as calorias da comida, pelas calorias das bebidas alcoólicas. Basicamente a ideia é não comer para poder continuar a beber…

Neste distúrbio alimentar une-se a obsessão de ser magra com a aceitação social do consumo de álcool. Para além do prejudicial que pode ser para a saúde a ingestão desmesurada de álcool, também se junta a quantidade de energia (calorias) de todas aquelas bebidas alcoólicas. É preciso ter a noção que um grama de álcool tem 7 kcal, ou seja, um cocktail supera as 200 calorias, uma lata de cerveja representa cerca de 110 calorias e um copo de vinho umas 80 calorias.

 

Riscos da anorexia alcoólica

Há muitos jovens que pensam que as calorias não ingeridas através dos alimentos tradicionais podem ser compensadas com as calorias das bebidas alcoólicas. No entanto, esta doença tem muitos efeitos negativos no organismo. Por exemplo, o fígado feminino sofre mais devido ao álcool do que o fígado dos homens, mesmo ingerindo menos quantidade e durante um período de tempo mais curto. Para além disso, o coração feminino também é mais vulnerável, já que com menos 60% de álcool pode sofrer a mesma cardiopatia. Apesar de tudo isso, a anorexia alcoólica está a tornar-se cada vez mais comum, especialmente entre as garotas mais jovens.

 

Tratamento da anorexia alcoólica

O diagnóstico certeiro é o primeiro passo para um tratamento realizado por um psicólogo, com o objectivo de tratar a adição, os problemas associados e os maus hábitos adquiridos. É um tratamento difícil porque tem que ter motivação e reconhecimento por parte do paciente que está prejudicado em ambas as patologias por estar desnutrida e por ver o corpo de forma distorcida. No caso do alcoolismo, a pessoa ainda costuma negar. A missão do terapeuta é levar o indivíduo a reconhecer o problema e fazer uma aliança de confiança com o médico. Não é possível suspender o álcool instantaneamente, ela terá de ser medicada.

É ainda necessária a ajuda de um nutricionista para recuperar o equilíbrio nutricional perdido, um dos objectivos prioritários do tratamento.

loading...

Deixe o seu comentário