Propriedades do alho

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

alho

Poucas plantas têm tantas propriedades benéficas para a saúde como o alho, propriedades que são conhecidas à muitos séculos. Já na Idade Media, os monges mastigavam alho cru para se protegerem da peste e manterem-se em bom estado de saúde.

O alho ajuda a manter uma boa saúde cardiovascular porque reduz o colesterol e a pressão arterial, e consequentemente é especialmente indicado para casos de arteriosclerose ou de claudicação intermitente.

As suas propriedades depurativas ajudam a limpar o organismo de toxinas, devido ao seu conteúdo em potássio. É também rico em vitaminas do grupo B, para além de ter ainda vitamina C, A e E, pelo que é recomendado o seu consumo nos estados de carência de vitaminas.

Este alto conteúdo vitamínico confere-lhe também propriedades antioxidantes, pelo que é considerado um potente anticancerígeno.

Os diabéticos também beneficiam das propriedades do alho, porque eleva os níveis de insulina no sangue, fazendo assim descer os níveis de açúcar no mesmo.

Também é recomendável e seu consumo em momentos em que se precise de reforçar as defesas do organismo, especialmente durante o outono e no inverno para combater gripes e resfriados.

Por outro lado, é um potente anti-séptico, que ajuda a combater um grande número de infecções causadas por bactérias, vírus e fungos, tanto assim que durante a I e a II Guerras mundiais era usado como anti-séptico nas feridas quando os medicamentos escasseavam. Este poder antibacteriano é devido à alicina, que também combate infecções estomacais. Este componente, a alicina, é o responsável do forte odor característico do alho.

Para evitar o odor a alho após se consumir cru, recomenda-se mastigar um pouco de salsa ou beber um pouco de sumo de limão sem açúcar. De qualquer modo, se não suporta o odor a alho, pode sempre consumir em comprimidos.

loading...

Deixe o seu comentário