Acupunctura, bases e benefícios

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

acupunctura

A acupunctura já existe há muitos anos, pelo que os seus benefícios estão mais do que demonstrados, com muitos milhões de pacientes já tratados.

 

O que é a acupunctura?

É uma ciência médica milenária originária da China. A acupunctura está englobada dentro da Medicina Tradicional China.

É baseada na inserção de agulhas em certos pontos que se podem localizar em todo o corpo. Estes pontos estão localizados dentro de uns canais invisíveis chamados meridianos, por onde circula a energia.

Por vezes com os desequilíbrios orgânicos humanos, esta energia ficava presa ou abrandava, diminuindo uma parte dela chamada Yang e aumentando a sua complementar chamada Yin, ou vice-versa.

A energia, Yin Yang, tem de estar em equilíbrio dinâmico sem ultrapassar os limites do vazio ou da plenitude, caso contrario, surgirá a doença.

Quando existe algum desequilíbrio as agulhas regulam a parte afectada do organismo e o corpo recupera o seu ritmo normal.

 

Em que consiste a acupunctura?

O diagnóstico na acupunctura (e nas outras especialidades da Medicina Tradicional Chinesa), está baseado na observação dos vários aspectos da vida incluindo a infância, expressão das emoções, a alimentação, hábitos e costumes do ser humano, onde os 5 sentidos, estão associados aos órgãos internos e aos elementos naturais externos: cores, sabores, sons, emoções… Juntando todos os dados de uma forma cada vez mais complexa e precisa para se fazer um diagnóstico mais correcto.

 

A Medicina Tradicional Chinesa e a teoria dos 5 elementos

A filosofia do todo (o TAO) permite-nos compreender alguns aspectos importantes, relacionados com a interdependência existente entre emoções-saúde-órgãos-estações-sabores-cores, etc.

A acupunctura, como parte da M.T.C., também se baseia nos 5 elementos para estabelecer os seus diagnósticos e tratamentos:

  • Elemento Água. Órgãos que rege: Rins e Bexiga. Está mais activo no Inverno. O seu som é o gemido. A sua emoção, o medo e a ansiedade que afecta os ossos e o cabelo fazendo descer a energia.
  • Elemento Fogo. Órgãos que rege: Coração e Pericárdio. Está mais activo no Verão. O seu som é o riso descontrolado e excessivamente sensível. A sua emoção, a perda da auto-estima, nervosismo e emotividade, que afecta o sistema venoso e arterial.
  • Elemento Madeira. Órgãos que rege: Fígado e Vesícula Biliar. Está mais activo na Primavera. O seu som é o grito. A sua emoção a raiva, cólera, indignação e hostilidade que afecta os músculos, os olhos e a pressão arterial.
  • Elemento Metal. Órgãos que rege: Pulmão e Intestino Grosso. Está mais activo no Outono. O seu som é o pranto. A sua emoção, a tristeza, a apatia e a dor emocional, que afecta a pele, a respiração e a energia.
  • Elemento Terra. Órgãos que rege: Estômago e Baço. Está mais activo nos meses de Estio (21 de Agosto a 20 de Setembro). O seu som é o canto. A sua emoção a ansiedade pelo futuro (pensa demasiado), duvidas, críticas e desconfiança, que afecta o tecido conectivo (a carne), a digestão, os movimentos intestinais e o sono.

 

Ciclos de geração e controle

Os órgãos estão em plena comunicação uns com os outros, alimentando-se e controlando-se entre si. É uma relação recíproca de geração e controle.

 

Como a acupunctura pode ajudar?

A acupunctura “realmente cura” e não apenas ao nível sintomático, mas também ao nível etiológico. Tem acção sobre o sistema imunitário, hormonal, nervoso, sanguíneo, ósseo-articular, sensitivo, emocional… Equilibra a restauração dos ritmos internos, activando algumas funções e diminuindo outras, basta por cada coisa no seu lugar mediante o fortalecimento e equilíbrio da energia vital.

 

Origem e história da acupunctura

A acupunctura remonta à idade neolítica, quando já se utilizavam as pedras pontiagudas para drenar o pus das feridas e dos abcessos cutâneos.

A formação inicial do sistema teórico da medicina chinesa aconteceu no período de 475 a.C. a 265 a.C., sendo um clássico da medicina interna o Huang Di Nei Jing (O Imperador Amarelo).

Muitas outras obras e técnicas da acupunctura se foram desenvolvendo até chegar ao pleno desenvolvimento da ciência médica no período de 265 a.C. a 960 d.C. Entre estas datas foi-se ampliando a medicina um total de 784 doenças: Ginecologia, pediatria, cirurgia, massagem e traumatologia, oftalmologia, otorrinolaringologia e estomatologia.

960- 1368 d. C. começam os intercâmbios internacionais, expandindo-se a Medicina Chinesa ao Japão, Coreia, Índia, Vietname, Arábia… Enquanto a China assimilava outras técnicas vindas do estrangeiro.

A assimilação da acupunctura (e da M.T.C., em geral) com a medicina ocidental terá ocorrido entre os anos de 1862 a 1918, até à sua grande difusão e estudo nos tempos actuais.

loading...

Deixe o seu comentário


SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...